sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

As melhores músicas de 2016.

Chega ao fim mais um ano e que ano louco foi esse de 2016? Na música então, num ano em que o Nosso santo bateu, 50 reais e Medo bobo tomaram conta das rádios do Brasil afora, novamente me mantive a margem da nova música popular brasileira e como nenhuma dessas citadas faz meu estilo musical (nada contra quem gosta, OK), fiquei com a tarefa de escolher, na MINHA HUMILDE OPINIÃO, as melhores músicas de 2016. E como música é uma das coisas que me mantem vivo, fiz uma playlist das melhores músicas do ano aqui do Brasil e também around the world. Então, deliciem-se e dancem a chegada de mais um ano. Feliz ano novo, volto ano que vem. ;)



segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Os Melhores Lidos de 2016 - Livros

Final de ano é época de fazer um apanhadinho do que aconteceu nesses 365 dias, relembrar os bons e maus momentos, tentar absorver todas as lições vividas e ver o lado positivo dos fatos. Esse ano sofri um bloqueio literário dramático, li bem menos do que pretendia e escrevi menos ainda, até tive alguns lapsos de devorar um livro em poucas horas, mas a grande maioria fazia mesversário dentro da bolsa. Quer saber o lado positivo do ano? Mesmo com esse bloqueio consegui conhecer algumas história irresistíveis e autores fantásticos. Agora vem cá, deixa eu te contar sobre minhas leituras!

Mulheres Que Não Sabem Chorar - Lilian Farias
Posso falar sem titubear que foi o livro mais marcante do ano, protagonistas fortes, lutas legítimas, causas reais. O enredo foi inspirado na vida de várias mulheres, os capítulos foram separados por nomes de rosas, quem nunca conheceu uma dessas rosas? Quem nunca sentiu o coração sangrar com o relato de violência, discriminação, perseguição, depressão, humilhação?

O relato dessas mulheres mexeu com a alma, incomodou por ter uma imagem tão crua do mundo, a visão de como as pessoas podem ser tão sujas e opressoras, armadas com suas verdades impositoras.

Depois da Chuva - Maria Clara Mattos
Leitura poética, que não promete muita coisa, que não fala muita coisa, mas que vai te envolvendo até você ficar completamente embriagado com o enredo. Duas vidas que se cruzam, o caos e a perfeição, o vendaval e a calmaria, ambos perdidos em uma caminhada sem sentido.

A rotina de todos os dias, o passeio com o cachorro, a banca de jornais. O momento em que o chale sai voando e entrelaçando os caminhos, invertendo os sentidos, levando a calmaria para onde só tinha caos, e o caos para onde era só calmaria. Leitura que se tornou uma grata surpresa, na simplicidade e na delicadeza sem fim.

A Força do Destino - Mônica de Castro
Esse ano me rendi aos livros espiritas, entre as poucas leituras que fiz, a maioria trazia essa proposta, viajei no tempo, conheci alguns ensinamentos, abri a mente. Confesso que apesar do estilo sempre fazer parte da minha vida, eu ainda tinha um certo receio sobre, me provocava um certo temor, mas após ler alguns romances incríveis me rendi, estou apaixonada!

Duas mulheres conectadas pela repetição dos fatos, separadas por algumas décadas, o ódio e a vingança ainda fazem parte da vida delas. A luta pela sobrevivência, pelo entendimento da ligação dos corpos e da alma, a motivação das pessoas mais próximas. Essa conexão que ia além do tempo, poderia salvar suas vidas. 

#Partiu Vida Nova - Leila Rego
As vezes é preciso parar, respirar e avaliar tudo o que aconteceu e o que motivou para as coisas chegarem aquele ponto. As vezes é preciso recuar e tentar pegar um novo caminho para conquistar o que se pretendia. As vezes é preciso reconhecer os seus erros e falhas, dar o braço a torcer e admitir que as coisas saíram do controle.

Um Chick Lit maravilhoso sobre como podemos cair em nossas próprias armadilhas e perder as nossas essências na busca por aceitação, ou na busca do que acreditamos ser o interessante. Repensar na vida e nas relações, foi a sensação que a leitura deixou.

Incríveis Jogos de Palavras - Laércio Bacelar
Vou repetir o que falei na resenha, só pra deixar claro o quanto achei a construção do enredo fascinante: esse livro deveria ser adotado nas escolas! Entendo se você julgar pelo título, pela capa, ou até mesmo por falar de dicionário, fiz o mesmo e adiei a leitura, mas não cometa o mesmo erro.

A forma que o autor percorreu as páginas do dicionário, seus verbetes, seus significas foi de estrema sutileza, o leitor se envolve com a aventura dos personagens e quando menos se espera, um mundo foi apreendido. Permita-se brincar com esses jogos!

Leitura em Números
Livros lidos: 28
Páginas lidas: 5.379
Meta 2017: 50 livros

domingo, 18 de dezembro de 2016

[Divulgação] Coletâneas Darda Editora - INSCRIÇÕES ABERTAS

No final de todos os anos faço uma lista de metas que devem ser alcançadas durante aquele novo ciclo, entre os objetivos está o de escrever mais e principalmente, colocar meus contos esquecidos em folhas amarelas de cadernos velhos para o mundo conhecer. A Darda Editora está com uma série de coletâneas com as INSCRIÇÕES ABERTAS, então se o seu objetivo é parecido com o meu, essa é uma ótima oportunidade.

AMO-TE
Falar de poesia, é impossível deixar de evidenciar o amor... Seja ele por quem e de qualquer forma se manifestar. Então, poetas, vamos versejar o amor?

- Tipo: Poesia de Amor
- Acesse o EDITAL  | Ficha de Inscrição FICHA
- Inscrições Abertas Até: 05.02.2017

PoeMAR
O mar é essa imensa magia capaz de inspirar, envolver. Temos, neste livro, o maravilhoso desejo de homenagear os encantos do mar, bem como suas figuras e lendas, em forma de poesia.

- Tipo: Poesias Sobre o Mar
- Acesse o EDITAL  | Ficha de Inscrição FICHA
- Inscrições Abertas Até: 05.02.2017

CASO ENCERRADO
Você é um detetive repleto de talento, responsável pela resolução de crimes que a sociedade local de sua cidade julgara serem impossíveis de solucionar. E você vai começar a registrar em seu diário os crimes. Primeiro diário aberto.

- Tipo: Conto Policial
- Acesse o EDITAL  | Ficha de Inscrição FICHA
- Inscrições Abertas Até: 05.02.2017

SOBREVIVENTES
A Terra que você conhece não existe mais... E você e seu(sua) namorado(a) foram os únicos sobreviventes... Não se sabe especificamente a razão. Uns dizem que foi bomba; outros, praga. O que se sabe de concreto é que vocês sobreviveram... E cabe a você tentar nos explicar como o mundo acabou... E por que vocês ficaram... 

- Tipo: Contos de Ficção Cientifica
- Acesse o EDITAL   | Ficha de Inscrição FICHA
- Inscrições Abertas Até: 05.02.2017

CONTA COMIGO
Você é o(a) melhor amigo(a) de alguém, e, em determinado momento da vida, você teve o presente de poder ajudar ou ser ajudado(a) por este. Que tal registrar neste livro essa prova de amor amigo?

- Tipo: Contos de Amizade
- Acesse o EDITAL   | Ficha de Inscrição FICHA
- Inscrições Abertas Até: 05.02.2017

VIDAS EM PAJUBÁ
O nome da coletânea faz referência a uma variedade linguística de origem africana muito utilizada pela comunidade LGBT, tendo em vista o princípio da necessidade de se comunicar de forma codificada, sem se expor para a sociedade.

- Tipo: Contos LGBT
- Acesse o EDITAL   | Ficha de Inscrição FICHA
- Inscrições Abertas Até: 09.03.2017

sábado, 10 de dezembro de 2016

[Promoção] Sorteio de Final de Ano - 2016


O ano já está acabando e a autora Gislaine Oliveira junto com seus parceiros, organizaram um mega sorteio para presentear 2 leitores com os livros: Se eu fosse a Cinderela, O demônio da garrafa, O que você vai ser quando crescer, um livro surpresa e marcadores para cada ganhador. Olha que sensacional! Para participar é só seguir as regrinhas e boa sorte!

Regras do Sorteio:
- Ter endereço de entrega no Brasil;
- A única regra obrigatória do formulário é deixar um e-mail para contato. Todas as outras são opcionais, mas quanto mais regras forem seguidas, mais chances extras você terá;
- Na opção "Visitar o Facebook" é preciso curtir a página, caso contrário, a entrada não será validada;
- O sorteio inicia no dia 01.12.2016 e encerra no dia 31.12.2016;
- Serão dois ganhadores: um para cada kit. Você pode se inscrever nos dois formulários, mas só poderá ser o ganhador de um deles. Caso o ganhador se repita, haverá novo sorteio;
- O ganhador receberá um e-mail informando sobre o resultado e terá até 72h para responder o contato. Caso contrário, um novo sorteio será realizado;
- O prêmio será enviado pela autora em até 90 dias após o resultado do sorteio;
- Não nos responsabilizamos por perdas ou danos causados pelo correio ou devido endereço incorreto.
PLUS: Se você for um dos vencedores e tiver deixado um comentário nesse post, EU faço questão de enviar um mimo para agradecer a participação.




quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

[Livro] Castles Ever After: Diga Sim ao Marquês - Tessa Dare #2

Diga sim ao Marques 1

Comecei a leitura com um pé atrás, não li o primeiro livro e fiquei com receio de perder algumas referências, fiquei resistente confesso, adiei a leitura algumas vezes, mas depois das primeiras páginas devorei o livro em poucas horas, Posso dizer que a leitura é completamente envolvente e cativante, daquelas que você só solta depois do ponto final, desejando que seja só mais uma virgula e que algumas páginas extras apareçam.

Clio Whitmore é uma moça de sorte, aos 17 anos ficou noiva do cobiçado Marquês de Granville, o jovem mais desejado da região, mas o que ela não esperava é que Piers fosse passar 8 anos viajando em missões diplomaticas, por enquanto ela amarguraria vendo seu nome sendo difamado na vinhança. Clio fazia o possível para não se incomodar com as fofocas, ou quando as pessoas faziam apostas sobre o seu casamento, mas algo tinha mudado.

Rafe Brandon perdeu o título de campeão na última luta, agora era preciso se concentrar para recuperar o título, mas na porta de sua casa estava Clio solicitando que o noivado fosse desfeito. Após a morte do Marquês, Piers deixou uma autorização para que o irmão caçula pudesse resolver todas as pendências jurídicas referentes a ele, inclusive as relacionadas ao casamento.

diga sim ao marques 3

O Marquês sempre deixou claro que Rafe era uma vergonha para a família, que ele era um perdedor e que jamais iria se encaixar naquele meio. Ele cresceu se sentindo a pior pessoa do mundo, o azarão da família, mas Piers podia ficar tranquilo que o casamento estaria seguro em suas mãos, Clio mudaria de ideia e ele ia dar um jeito para ela acreditar que o irmão realmente a amava.

Nesses 8 anos de espera, Clio se tornou uma verdadeira dama, assistiu aulas, realizou treinamentos, passou fome e castigos para chegar ao peso ideal. Ela tinha sido moldada para se tornar uma marquesa, porém nesse meio tempo ela recebeu de herança um imenso castelo que mudaria o seu futuro, ela finalmente iria conseguir a liberdade.

Se casar com Piers era o sonho de todas as moças da sua idade, mas para Clio aquela situação já tinha se tornado um fardo, ela não aguentava mais ser a chacota da cidade, ela queria virar aquela página e dar um rumo para a sua vida, ela queria transformar aquele castelo em uma produtora de cerveja, usar tudo que ela aprendeu para administrar e cuidar de um negócio sozinha sem depender de um marido para ser submissa ou dizer o que ela devia ou não fazer.

diga sim ao marques 4

Calma lá! Rafe tinha um plano para fazer Clio mudar de ideia, ele ia planejar o casamento, Clio ia sentir todo o encanto do matrimonio, ia sonhar e desejar cada segundo daquela festa. Não, Clio estava taxativa, a cervejaria ia acontecer e nada poderia mudar isso, Rafe que iria se encantar com as possibilidades que o castelo tinha pra oferecer. Aposta firmada, ambos tinham uma semana para provar quem era o mais encantador, opa... quem era o mais desejado, opa... quem era o mais sedutor, opa... quem era o mais, vocês entenderam.

Impressionante como a história vai crescendo a medida que os dois vão se conhecendo, quando Rafe descobre que Clio é aventureira e esperta, quando Clio descobre que Rafe é sensível e carente, características que socialmente são escondidas para evitar conflitos. Clio está longe de ser aquelas mocinhas sem sal e amedrontadas, ela é guerreira e sonhadora, ela sabe o que quer e Piers está bem longe de seus desejos. Rafe é o galã bruto, cabeça dura e implacável, o tal sapo que vale mais que mil príncipes banhados à ouro, Rafe é só amor.

O castelo é o cenário para boa parte do enredo, seus corredores, seus quartos, suas passagens secretas são aliados nessa busca de liberdade, na quebra dos tabus e nos romances. A história é divertida, envolvente e carismática, de cara você se apaixona pelos personagens e seus defeitos, as características de cada um, a ideia que nem todos podem ser perfeitos na visão da sociedade, mas que todos devem correr atrás de seus sonhos.

diga sim ao marques 2

Terminei a leitura completamente envolvida com o casamento, com a produção da cerveja e principalmente com a vida dos personagens, fiquei curiosa para saber o que aconteceu com o castelo, com Piers, com Phoebe (irmã mais nova de Clio que faz artes com barbante), até mesmo com o buldogue. Senti falta da presença dos personagens secundários no meio do livro, eles desaparecem e voltam para finalizar suas histórias rapidamente. Apesar do livro fazer parte da série Castles Ever After, sua história é completamente independente do livro anterior, aliás o enredo é apaixonante! 😍

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

[Inspiração] Marina Amaral - Colorindo Fotos Antigas


O preto e o branco deram lugar ao colorido, as tonalidades, as sombras, as texturas. Marina Amaral é uma designer que restaura fotografias históricas, após fazer uma longa pesquisa, a mineira colore as imagens proporcionando uma perspectiva mais realista da cena retratada. Algumas pessoas chegam a duvidar se as fotografias originalmente são realmente preto e branco, devido a riqueza de detalhes que a artista confere ao seu trabalho. Sua arte já foi capa de revistas expecializadas.


domingo, 20 de novembro de 2016

[Divulgação] A Vadia - Gislaine Oliveira


É com imensa satisfação que venho divulgar mais um lançamento de um dos parceiros do blog. A autora Gislaine Oliveira acaba de lançar o livro A Vadia, um young adult que traz um romance com um ponto de vista diferente, a histórria aborda diversos assuntos importantes, mas que se apresenta como uma leitura bem divertida e leve. O enredo já está dando o que falar e tenho certeza que você ficou curioso para descobrir o outro lado da história.   

A VADIA - Gislaine Oliveira
Esta não é uma história de amor comum, destas que você está acostumado a ler. Existe a menina boazinha? Sim! O menino bonzinho? Sim! A menina invejosa que quer separar os dois? Claro! Então o que é que esse livro tem de tão especial? Você já vai descobrir.

Esta história não será contada por um narrador desconhecido, nem pelo casal apaixonado. Contrariando todas as expectativas dos românticos de plantão, quem contará a história será ela: A Vadia.

Apresentações não serão necessárias. Você já conhece A Vadia. A garota alta, loira, peituda e fútil. Ela é a rival, a arqui-inimiga da garota tímida e do bem por quem o cara se apaixona. A piranha que dá em cima do mocinho e que também abandona um namorado só porque ele é pobre. Você já conhece esta trama. Mas deve saber que toda história tem dois lados. Você já conhece um. Agora vai conhecer o outro!



sábado, 19 de novembro de 2016

[Livro] Poeminhas da Terra - Márcia Leite

Poeminhas da Terra

Todos os anos o projeto Leia Para Uma Criança, promovido pelo Itaú Social, seleciona e distribui milhões de livros infantis para incentivar o hábito de ler para uma criança, nesse ano o projeto inovou disponibilizando além dos impressos, quatro livros digitais com direito a trilha sonora e efeitos visuais, incentivando cada vez mais essa prática. 

Entre os impressos, recebi o livro Poeminhas da Terra, escrito por Márcia Leite e ilustrado por Tatiana Móes. O impresso traz uma coleção de poemas curtinhos retratando o cotidiano dos índios, as brincadeiras, os rituais, a hierarquia, o Deus, os animais, as plantas, todos os elementos que compõe a vida na tribo. As palavras usadas proporcionam uma ambientação do leitor, pois possuem origem indígena, mas sem deixar o enredo caricato.

poeminhas da terra2

O vocabulário é o ponto alto, é uma ótima oportunidade para apresentar as crianças um glossário extenso de palavras que não são usadas com frequência, os elementos são até vistos no nosso cotidiano, mas que damos outro nome para eles, como as plantas sapé e taquara, as comidas biju e aipim, as aves sanhaço e uirapuru, os peixes piramirim e piracanjuba. Atiçar a curiosidade sobre as lendas, como as do Curupira e Iara, até mesmo propor brincadeiras como a peteca.

As ilustrações são um charme a parte, o traço é fininho e descontinuo, as cores são fortes e primárias, tipo as produzidas nas tribos através de plantas e usadas em pinturas corporais, como o vermelho, verde e azul. Os desenhos são bem suaves e com movimento, facilmente seus olhos dão vida aos traços e já se transformam em uma animação.

poeminhas da terra3

Publicado pela Editora Pulo do Gato, é um enredo que deveria ser lido para todas as crianças, fazer com que elas tenham contato com o mundo indígena, seja através dos livros, seja da imagnação e se possível através dos próprios indios. 

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

[Evento] Retrospectiva Editora Valentina 2016 - Fortaleza


Olha o babado! Nesse fim de semana, 12 e 13 de novembro, aconteceu o Retrospectiva Valentina, um evento lindo para os leitores trocarem figurinhas sobre os livros da editora e surtar com os lançamentos programados para o próximo ano. O tour aconteceu em 18 cidades e aqui em Fortaleza foi comandado pelas blogueiras Helen DutraIleana Dafne.

O ano de 2016 nos presenteou com a continuação de várias séries, a mais comentada com certeza é a da trilogia Não Pare! da Fml Pepper, que está na minha listinha de desejados. O quarto livro da série O Protetorado da Sombrinha também já está disponível, assim como o terceiro livro da trilogia Incarnate. O que veio para adoçar o coração dos leitores foi o Delícia! Delícia!, mas para deixar tudo hot hot foi Desejo Insaciável e Rock Star.


Além desses sucessos, a editora lançou diversos livros não-ficção, como Por Um Triz e O Sonho do Café, mas o que eu desejo profundamente ter a oportunidade de ler é A Cor da Coragem, que promete ser tão marcante quanto O Diário de Anne Frank, porém com um final diferente. Um bom livro histórico sempre me faz dar prioridade na lista de leitura!

O evento foi bem divertido e a lista de desejados só cresceu, mas claro que pra terminar com chave de ouro, tinha que ter alguns livros sorteados. Além dos marcadores ganhei no evento o livro Quando Finalmente Voltará a Ser Como Nunca Foi, que promete ser uma leitura destruidora, depois o boy me deu Pensei Que Fosse Verdade, um romance de derreter o coração. Evento maravilhoso que poderia acontecer todos os meses! 😍

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

[Promoção] Livreto Romances de Época Arqueiro + Marcadores


Recentemente a Editora Arqueiro lançou um livreto com os primeiros capítulos de seus próximos lançamentos, um deleite para quem gosta de Romances de Época e uma oportunidade para quem nunca se aventurou entre condes, duques e vestidos rodados do Século XIX.

Se engana quem pensa que vai encontrar histórias de Jane Austen e suas conterrâneas, as autoras escolhidas são bem moderninhas, o que reflete no comportamento das protagonistas, que apesar do cenário de época fieis aos registros históricos encontrados em livros, as atitudes e motivações são bem à frente do seu tempo.

Romances de Época são histórias de amor, o casal que sofre páginas e mais páginas até o final feliz, ah desculpa o spoiler, mas sempre tem final feliz! Entre festas e casamentos comprados, o enredo retrata essa "temporada de caça", onde os solteiros saiam com o objetivo de ver e ser visto e assim conseguir o tal bom partido.

A publicação possui 201 páginas e está disponível online AQUI, mas os leitores do blog terão a oportunidade de guardar essa publicação na estante junto com os nossos amados romances. Valendo um Livreto Romances de Época (impresso) + Marcadores Sortidos, participe!


PROMOÇÃO VÁLIDA ATÉ - 30.11.2016

domingo, 30 de outubro de 2016

O Candidato Amigo do Povo - Confirma!


O assunto que invadiu as nossas vidas nesse mês foi o tal do segundo turno, as feituras do candidato A, as promessas do candidato B e a torcida do tanto faz, seja A, B, nulo, branco, ou sei lá, porque tanto faz. No começo do Séc XX um candidato amigo do povo foi eleito vereador de Fortaleza, um retirante que veio para a capital fugindo da seca de 1915 e que logo ganhou a simpatia local.

Nessa época eu sempre lembro dessa figura icônica, o candidato que chegou na capital e a família teve que vende-lo para poder ter como sustentar aquela nova vida. Um empresário americano fez questão de compra-lo, mas travesso como era o candidato fugiu e ficou perambulando pela cidade, conheceu escritores, fez amizade com a alta sociedade, virou a figura estimada de todas as rodas de conversa.

Uma bela dose de cachaça era sempre bem-vinda, o convite para aquele drink era indispensável. Todos os dias ele fazia o mesmo trajeto, passava pela praia, próximo ao Mercado dos Peixes e vinha andando até o centro, parava para bater um papo na Praça do Ferreira, ponto de encontro das figuras mais importantes da época, onde discutiam os assuntos mais polêmicos da cidade.

Amigos ele tinha em toda parte, dizem as más línguas que vários casamentos foram desfeitos por causa dele, era um paquerador e as damas estavam sempre dispostas a trocar um carinho com o candidato. Até que uma lei local foi imposta e todos os animais vistos no meio da rua iam ser apreendidos e o dono iria pagar uma multa, afinal a capital estava passando por uma limpeza.

Lutar contra aquela lei absurda fez com que ele fosse eleito o vereador de Fortaleza, figura tão importante que seu corpo foi embalsamado e exposto no Museu do Ceará. Detalhe que ele nunca foi candidato, mas como o voto era de papel, quem se importava. Celebridade ele se tornou e tão importante que era, um visitante do museu arrancou parte do seu corpinho para levar de lembrança.

Ah, devo ressaltar que a história é verídica e nenhuma virgula inventada, visite o Museu do Ceará que estará na sala vermelha o corpinho do Bode Ioió (animal), o nosso vereador eleito pelo voto manipulado. Fazendo a conexão rápida com a política atual: o tal amigo do povo continua sendo eleito trazendo um plano de governo egoísta, o povo continua sendo enganado e aceitando calado o que eles querem fazer com a gente, afinal, tanto faz, mas será mesmo que tanto faz?

#aLUTAcontinua

domingo, 23 de outubro de 2016

[Cinema] Perigos da Mente | Perigos da Rede

Aproveitei o domingão para assistir filminhos, mas minhas escolhas não foram tão felizes assim, escolhi dois suspenses com a pegada mais psicológica, porém ainda estou esperando a grande virada nada previsível que iria levar o título as cabeças. Aos amigos que adoram indicar longas memoráveis, por favor não esqueça de deixar uma listinha nos comentários, faço questão!

PERIGOS DA MENTE
Após ter sido sequestrada, Emily Moore vive o medo de que o maníaco ataque novamente, a investigação da polícia não apontou nada conclusivo e para evitar mais pânico ela se afastou dos holofotes recusando diversos trabalhos como atriz. Tentando relaxar Emily e o marido, Richard, viajam até uma ilha do Mediterrâneo buscando um pouco de paz.

A casa é invadida por Sarah, uma jovem que viu seu namorado cair de um precipício e precisa de ajuda urgentemente. Emily acha uma péssima ideia manter aquela estranha dentro de casa, mas Richard é psicólogo e acha que a sua obrigação é ajudar a garota.

O enredo vai se desenrolando na medida que Emily começa a ter surtos e Richard tenta convence-la que o que ela está vendo é só reflexo de sua mente traumatizada. O fim é totalmente previsível, mas inconclusivo, algumas pontas ficaram soltas e muitas perguntas ficaram no ar. Odeio quando os personagens não criam aquele laço afetivo com o público, a Emily não cresceu no decorrer da história, o Richard é um dissimulado e a Sarah uma sonsa. Tantas possibilidades, mas nenhum sucesso.



PERIGOS DA REDE
História baseada em Thomas Montgomery, um maquinista de 47 anos que mata o colega de trabalho por ciúmes. Tommy é a identidade virtual de Thomas, um fuzileiro naval que joga poker para aliviar o stress, em uma dessas rodadas ele conhece Jessi tallhotblond, uma jovem virgem cheia de fotos provocantes.

O casamento de Thomas não é mais o mesmo, a paixão acabou e a relação está por um fio, Tommy se torna o seu refúgio, o sexo virtual faz com que ele se sinta jovem de novo e capaz de tudo. Porém as coisas começam a se complicar quando o virtual e o real se misturam e a relação passa a afetar, não só o seu casamento, mas o seu trabalho.

Apesar do enredo interessante, o filme é lento e cansativo, a crise de meia-idade de Thomas acentua o seu lado doentio e tolo. O final é surpreendente e um tanto quanto questionável, será que depois de todas as mensagens trocadas e as provocações apenas um é o culpado? O romance aconteceu nos EUA em 2006.


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Os Livros de Pat Peoples - O Lado Bom da Vida


Pat Peoples era um bufão iletrado, pelo menos era assim que os amigos de Nikki o chamavam, ele não tinha lido nenhum livro que a esposa mencionava nas aulas, ou nas rodas de conversas, ele era de fato um bufão iletrado. O tempo separados iniciou e Pat tomou uma decisão: ele não queria mais ser um bufão iletrado, pediu para a mãe abrir uma conta na biblioteca e começou a ler todos os livros que a sua ex-esposa já tinha mencionado, eles finalmente iriam poder conversar sobre os livros que ela mencionava e ele não iria mais ser chamado de bufão iletrado

Entre tantas leituras, Pat citou alguns títulos durante o enredo, alguns perturbadores, outros sagazes, mas todos que valem a pena virar a noite lendo. Pat Peoples é o protagonista de O Lado Bom da Vida de Matthew Quick [resenha], um bufão iletrado que mergulhou no mundo da literatura.


O Grande Gatsby (F. Scott Fitzgerald) - Apesar da grande paixão, Daisy se casa com o insensível, mas extremamente rico, Tom Buchanan. Com o fim da guerra, Gatsby se dedica cegamente a enriquecer para reconquistar Daisy. Já milionário, ele compra uma mansão vizinha à de sua amada em Long Island, promove grandes festas e aguarda, certo de que ela vai aparecer. Nick aluga uma casinha modesta ao lado da mansão do Gatsby, observa e expõe os fatos sem compreender bem aquele mundo de extravagância, riqueza e tragédia iminente. - Skoob
Adeus às Armas (Ernest Hemingway) - Romance de tom autobiográfico publicado em 1929. Conta a história um tenente norte-americano Frederic Henry, que serve no exército italiano durante a Primeira Guerra Mundial como condutor de ambulâncias. O romance desenvolve-se em torno da sua trágica paixão por uma enfermeira inglesa. - Skoob

A Letra Escarlate (Nathaniel Hawthorne) - Durante o século XVII, na comunidade puritana de Massachusetts, nos Estados Unidos, o adultério era um crime punível com a morte. Entretanto, a jovem Hester Prynne recebe uma pena considerada leve pelos habitantes de sua cidade: ela é obrigada a levar a letra “A” de adúltera bordada em suas roupas pelo restante da vida, como marca de sua desonra. Hester enfrenta a humilhação diária e luta para criar sozinha a filha ilegítima. - Skoob


A Redoma de Vidro (Sylvia Plath) - Dos subúrbios de Boston para uma prestigiosa universidade para moças. Do campus para um estágio em Nova York. O mundo parecia estar se abrindo para Esther Greenwood, entre o trabalho na redação de uma revista feminina e uma intensa vida social. No entanto, um verão aparentemente promissor é o gatilho da crise que levaria a jovem do glamour da Madison Avenue a uma clinica psiquiátrica. - Skoob

Aventuras de Huck: Huckleberry Finn (Mark Twain) - Huck não é um menino impoluto, perfeito. É o garoto comum, com iguais defeitos e qualidades, que gosta mais do mato que da escola. É um garoto de verdade, em carne e osso. Seu pai é um bêbado e ele foge de casa para viver longe do pai, numa pequena ilha do Mississípi, onde começam suas aventuras, nas quais o humor é constante, ainda nos momentos mais trágicos. - Skoob

O Apanhador no Campo de Centeio (J. D. Salinger) - O estudante de um reputado internato para rapazes, volta para casa mais cedo no inverno depois de ter recebido más notas em quase todas as matérias e ter sido expulso. No regresso a casa, decide fazer um périplo adiando assim o confronto com a família. Antes de enfrentar os pais, procura algumas pessoas importantes para si  e tenta explicar-lhes a confusão que passa pela sua cabeça. - Skoob



Ao som de Kenny G, a música que tanto assustava Pat em suas crises nervosas, venho admitir que não li nenhuma das obras citadas, o que me deixa constrangida, mas diante de tantos enredos inspiradores venho convidar vocês para participar do Clube do Livro Bufão Iletrado, uma meta de leitura que estipulei para a minha vida e quero desafiar vocês a participarem.

Durante 6 meses quero fazer a leitura desses títulos, minha proposta é ler um livro da lista por mês e trazer a resenha com as minhas impressões para vocês. Se você quiser fazer parte desse desafio, leva o selinho para o seu blog, faz um post aceitando o desafio e é só começar a leitura, a ordem é você que escolhe, mas quem me acompanhar nessa caminhada vai ser mimado no final. Ah e só por controle, preenche aqui o formulário, pois quero te mandar as novidades do desafio: FORMULÁRIO.

Participe preenchendo o FORMULÁRIO!

sábado, 8 de outubro de 2016

[Livro] Flammifer - Silvana Brito

flammifer

Mais um livro infantil para a coleção, dessa vez uma aventura de respeito e coragem. Nardoc e Sirian estavam brincando na floresta quando encontraram um livro antigo perdido em uma caverna, curiosos usaram toda a força que tinham para abri-lo e folheá-lo, mas foi em vão. Cismados com o poder do objeto foram até a casa de Merien, a menina mais esperta da escola, para descobrir se ela sabia algo sobre aquele livro misterioso. 

Merien tentou, tentou, mas também não conseguiu. Depois de analisar o nome do livro chegou a conclusão que apenas uma pessoa sabia o que era Flammifer, o mestre dos duendes, o único que poderia traduzir uma palavra do Dragones Antigo, língua que já estava extinta há anos. Uma coisa era certa, eles tinham que descobrir o que aquele livro escondia.

flammifer2

Os amigos correram para casa e pediram permissão aos pais para viverem aquela aventura, cada um ganhou um objeto que ia ser útil na jornada, um cajado que tinha o poder de abrir as águas do rio, pedacinhos de pão para os pássaros e um pingente de coração. Logo no início os objetos se fizeram úteis e os amigos entenderam que o perigo as vezes poderia estar escondido.

Algo estranho aconteceu durante essa jornada, os amigos estavam tendo o mesmo sonho, um dragão preso estava tentando escapar e a muralha que prendia ele começava a rachar, mas qual era o significado daquilo, qual era a missão deles? Conseguiram finalmente falar com o duende mestre e descobriram a grande tarefa que eles tinham nas mãos, mas nada seria possível sem a ajuda da população.

flammifer3

Flammifer é um enredo cheio de lições, sobre respeito, natureza e união. A autora foi bem feliz na escolha dos diálogos, as vezes pequenos parágrafos traziam ensinamentos para as crianças, como a necessidade da permissão dos pais antes de sair de casa. A escrita é bem envolvente e ágil, o enredo em si é bem interessante, viraria um livro para adultos facilmente diante de todas as ações e aventuras apresentadas, aliás é uma bela aventura de união.

Terminaria a minha resenha por aqui, mas senti necessidade de criticar algo que me incomodou bastante quando fazia a leitura. Ao explicar como os duendes se organizavam politicamente a autora fez alusão ao cenário político atual do Brasil, mas a explanação defendia um ponto de vista e condenava outro. Confesso que me senti ofendida com o trecho em questão, acredito SIM que livros infantis devem trazer questões sérias de forma lúdica para as crianças, eles precisam entender o mundo e ver que ele não se resume apenas ao caminho de casa para o colégio e vice-versa.

Porém, NÃO, livros infantis não devem ser tendenciosos contando a sua versão dos fatos e usando heróis e dragões para isso. Escrever para crianças é algo tão delicado, pois elas estão em fase de formação, ainda estão aprendendo, ainda estão descobrindo o mundo e os escritores devem ter um cuidado redobrado para que algo não seja entendido de forma equivocada. O livro é ÓTIMO, mas reescreveria esses parágrafos tendenciosos.

domingo, 25 de setembro de 2016

[Divulgação] Lançamentos Editora Gutenberg

Domingo é dia de novidade, dia de saber o que está acontecendo no mundo literário, conhecer os lançamentos e tudo o que está sendo produzido por ai. A Editora Gutenberg está trazendo um mundo de sonhos em forma de livros, romances musicados, partidas de futebol e tudo o que pode fascinar os leitores apaixonados. Quero todos! ;)

COMO SE FOSSE MAGIA - Bianca Briones
Eva nasceu com o dom de passar todos os seus sentimentos para o papel, e com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora, ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com bloqueio criativo há um ano e não sabe o que fazer. Enquanto tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem idêntico a um dos seus protagonistas. O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é.

Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas mesmo com dificuldade em acreditar, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela.

Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que, às vezes, para que duas pessoas se encontrem, mundos inteiros são capazes de colidir.

SONATA EM PUNK ROCK - Babi Dewet
Por que alguém escolheria uma orquestra se pode ter uma banda de rock? Essa sempre foi a dúvida de Valentina Gontcharov. Entre o trabalho como gerente do mercado do bairro e as tarefas de casa, o sonho de viver de música estava, aos poucos, ficando em segundo plano. Até que, ao descobrir que tem ouvido absoluto e ser aceita na Academia Margareth Vilela, o conservatório de música mais famoso do país, a garota tem a chance de seguir uma nova vida na conhecida Cidade da Música, o lugar capaz de realizar todos os seus sonhos.

No conservatório, Tim, como prefere ser chamada, terá que superar seus medos e inseguranças e provar a si mesma do que é capaz, mesmo que isso signifique dominar o tão assustador piano e abraçar de vez o seu lado de musicista clássica. Só que, para dificultar ainda mais as coisas, o arrogante e talentoso Kim cruza seu caminho de uma forma que é impossível ignorar.

Em um universo completamente diferente do que estava acostumada, repleto de notas, arpejos, partituras, instrumentos e disciplina, Valentina irá mostrar ao certinho Kim que não é só ele que está precisando de um pouco de rock’n’roll, mas sim toda a Cidade da Música.


MUITO MAIS QUE O ACASO - Athos Briones
Victor é um garoto comum. Estudante de escola pública, ele adora jogar futebol, trabalha para ajudar nas despesas da casa e sonha em proporcionar um futuro melhor para a mãe e para a irmã. Tudo o que ele precisava era de uma oportunidade para que os seus sonhos, enfim, se tornassem realidade.

O empurrãozinho do destino chega quando Victor ganha uma bolsa de estudos no melhor colégio de São Paulo, graças ao seu talento no futebol.

Perdido em um ambiente completamente novo e muito distante da realidade de sua vida, ele encontra refúgio entre os novos amigos e nos olhos claros de uma garota chamada Sophia, capaz de fazê-lo se sentir parte daquele mundo.

Quando a dificuldade de conciliar estudo, trabalho e treinos de futebol começa a cobrar seu preço, quando as pessoas se revelam menos receptivas do que parecem e, para coroar, a mãe de Sophia decide dar um basta no relacionamento dos dois, Victor percebe que vai precisar de muita garra e perseverança para vencer o preconceito e a discriminação e provar que o valor de uma pessoa não é medido pela sua origem, mas por suas ações.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

[Livro] O Teorema de Katherine - John Green

o teorema de katherine

Tudo começou com uma confusão, aluguei o livro O Teorema de Katherine porque queria assistir o filme, só que após algumas páginas tediosas fui atrás do filme para tentar me animar a terminar a leitura, foi ai que descobri que tinha confundido Cidade de Papel com a história das Katherines, então me senti obrigada a continuar a leitura, pois não queria devolver o livro sem saber o final e John Green é John Green, então devia ter algo de sensacional no meio do enredo.

Colin Singleton é um garoto chato que só pensa no próprio umbigo, no quanto ele é inteligente e o quanto ele é sensacional. Agora ele ta deitado no chão do quarto chorando o pé na bunda que levou da 19º Katehrine, tentando entender o porque ela terminou com ele, afinal, ele sempre fazia anagramas com as palavras e decorava fatos inúteis sobre as coisas.

Ser um gênio não era o suficiente, era necessário fazer uma grande descoberta para se fazer história, ter o seu nome nos livros e nos meios acadêmicos, era preciso ter o momento Eureka, fazer a grande descoberta e padronizar o feito. A vida de Colin já era uma padronização, ele namorou 19 meninas chamadas Katherine, K-A-T-H-E-R-I-N-E, escrito desse jeitinho e todas elas terminaram o namoro com ele, cabia ele agora descobrir qual o teorema matemático dessas relações.

o teorema de katherine 2

O terminante e o terminado são os fatores básicos que definem um relacionamento, mas existem outras características que influenciam como vai ser essa relação e era esse detalhe que Colin esquecia, o mundo não estava perfeito apenas com o Colin namorando a Katherine, tinha muitos outros fatores envolvidas, mas jogado no chão do quarto aos prantos, a única coisa que ele conseguia pensar era que a 19º podia ligar e pedir desculpas por ter acabado com ele.

Ao entrar no quarto e ver Colin jogado no chão pela 19º vez, Hassan Harbish teve que tomar uma atitude, os amigos iam embarcar no Rabecão de Satã e fazer uma longa viagem, sem destino e sem propósito, apenas dar um tempo e esfriar a cabeça. A estrada era uma boa companhia, ele finalmente ia poder esvaziar a cabeça e pensar como ele iria reconquistar a 19º Katherine, ou no mínimo conseguir elaborar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines.

No final da estrada uma placa apontando para a visitação ao túmulo do Arquiduque Francisco Ferdinando, uma atração turística sem graça, mas que pareceu uma boa ideia para matar o tempo. Na lojinha de souvenir encontraram a Lindsey Lee Wells leitora da revista Celebrity Living, uma caipirona que ia guiar a visita dos rapazes, percurso que ia dar uma direção a viagem e as escolhas deles.

O teorema de katherine 3

Preciso falar que o começo do enredo é extremamente chato e massante, pensei mil vezes em abandonar a leitura, mas estamos falando do famoso John Green, então algo aquele livro tinha que ter. Então apareceu Lindsey e eu me apaixonei pela personagem, mas em seguida vinha Colin e toda a sua chatice e me fazia pensar em abandonar a leitura novamente.

Tem um ponto que a história da uma virada e o enredo começa a ganhar ritmo e fluidez, finalmente apareceram as cenas memoráveis e os personagens começaram a se apresentar de forma mais crua, livre de esteriótipos e fixações paranoicas, os diálogos eram mais ricos de sentimentos e confusões, finalmente eles estavam se permitindo viver sem cobranças.

Nessa virada percebi que John Green estava bem ali, finalmente tinha achado o escritor que ficou conhecido por seus romances viciantes, acredito que ele pecou ao escolher um protagonista tão chato, no humor sem graça das notas de rodapé, até mesmo na repetição da palavra fug/fugger/fugging incansavelmente, mas John Green estava bem ali deixando as última cenas memoráveis.

o teorema de katherine 4

Se quer saber, o livro O Teorema de Katherine daria um ótimo filme, resumiria a primeira parte em poucos minutos e o restante ocuparia o longa quase todo, adicionaria algumas cenas extras, principalmente as da caverna, faria aquela magia de quando o personagem se conecta com o público. Finalmente terminei a leitura e consegui entregar o livro com aquela sensação gostosa de quando o final te conquista. 

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

[Dicas do Coração] Lista de Sites Aliados da Edição de Imagem

Se tem uma coisa extremamente útil na minha vida, tanto como blogueira como profissional, são os sites de edição online, ou aqueles sites que te ajudam na hora de escolher o que usar na edição. Claro que eles não substituem os programas originais, muito menos a sua capacidade de escolha baseada em dezenas de teorias e estudos de imagem, mas quebram aquele galho na hora de fazer artes simples e rápidas. Selecionei os que eu mais uso para você favoritar e descobrir que o mundo da edição pode ser bem simples, é só ter as ferramentas certas e começar a criar. Voilà! ;)


- Photoshop Online
Posso dizer que ele é um dos meus sites favoritos quando o assunto é edição rápida, consigo redimensionar uma imagem, colocar texto, adicionar filtros, mexer na sua saturação em apenas algumas combinações de cliques. Sua interface é bem simples e possibilita ao usuário uma gama de possibilidades, é totalmente gratuito e semelhante ao Adobe Photoshop.


Ele te oferece diversas possibilidades de montagens e colagens, até a pessoa mais leiga consegue fazer trabalhos incríveis utilizando o site como aliado. Sua galeria já oferece imagens e layouts prontos, mas também é possível adicionar outras imagens do seu computador e mesclar com o que ele te oferece. Algumas imagens e recursos são pagos, mas a maioria é livre e ainda oferece os tamanhos padrões que atendem os diversos tipos de arte.


- Paletton
Ele é um dos grandes aliados quando o assunto é desing, o site te oferece uma paleta de cores que você pode verificar qual a cor que combina com qual, escolher se você quer uma sugestão monocromática, tetra, ou quantas quiser. É possível pegar os códigos RGB hexadecimal para usar nos programas e calibrar a angulação. O site é totalmente gratuito e indispensável!


- Adobe Color
Outro site que traz a paleta de cores para te ajudar na escolha das combinações, o interessante é que existe a opção de carregar imagem para que seja feito essa combinação de acordo com a imagem enviada. Ele também traz o código RGB hexadecimal como o anterior, mas fornece as opções de códigos CMYK, LAB e HSB também. O site é gratuito e da família Adobe.