segunda-feira, 26 de junho de 2017

[Dicas do Coração] Deixando o Guarda-Roupa Organizado I

Foto retirada do site buenonetto

Migs, deixa eu te perguntar uma coisa: Qual foi a última vez que o seu guarda-roupa viu uma boa limpeza? Só porque o coitado fica com as portas fechadas, não significa que a zona tem que se instaurar dentro dele. Adoro limpar e organizar os armários, gosto de ver tudo em seu devido lugar e fácil de ser achado, gasto horas setorizando e buscando maneiras de deixar tudo mais prático, mais acessível, para na hora da pressa não bater aquele desespero.

Acredito que a sua "zona pessoal" é um reflexo da sua mente, se tá tudo bagunçado é hora de parar e colocar as coisas em seus lugares, materiais e psicológicas, o inverso também, se está tudo compulsivamente arrumado e atrapalhando a sua rotina, é hora de analisar o que gerou essa compulsão. Meus armários são todos impecáveis, mas em cima da minha escrivaninha sempre existe uma mini-zona, um reflexo da minha ansiedade, que começa diversas atividades ao mesmo tempo, as vezes não finaliza, mas já está planejando o que vai iniciar em seguida.

1 - Separando o que fica, o que vai e o que tem salvação.

Hora de desocupar o guarda-roupa, aproveite para avaliar tudo que você tem, dobre o que ainda é útil para você, separe aquelas roupas que precisam de um reparo, de um restauro, mas que no fim ainda tem salvação. Em uma sacola coloque tudo que você não quer mais, mas pode ser útil para outra pessoa, nada de camiseta velha, rasgada, essas você separa e guarda pra tirar o pó da casa. Desapega migs!

Aproveita e coloca pra doação aquela blusa que o ex deu e virou sinônimo de sofrência, ou aquele batom horroroso que você ganhou no amigo secreto, abre espaço pras coisas novas e que te façam bem, vamos renovar essa energia que ninguém é obrigado a guardar o que faz mal. Lembre-se que além da organização externa, também organizamos a mente.

Infográfico retirado do Minha Casa, Minha Cara

2 - Limpa, limpa, limpa!

Guarda-roupa desocupado é hora de deixar tudo limpo e cheirosinho! Você pode encontrar diversos produtos especializados para limpeza de armário, como o meu é de madeira, gosto de limpar (dentro e fora) uma vez com álcool e depois passo lustra-móveis pra dá brilho e cheiro, mas uma opção também é usar a receita mágica:

  • 1/2 xícara de álcool com cheiro
  • 1/2 xícara de água  
  • 2 colheres de sopa de detergente

Coloque a mistura em um borrifador e vá limpando com um paninho. Independentemente do produto que você usar, após a limpeza deixe o guarda-roupa aberto por uma hora para arejar. Só não esqueça de tirar e limpar as gavetas, os armadores e tudo que for removível. Faz o trabalho completo migs!


Imagem retirada do site firezzi

3 - Cada coisa em seu lugar, no seu setor!

Separe o que for blusa das calça, o que é da noite e do trabalho, o que é roupa íntima das da praia, busque setorizar os itens para facilitar na hora de achar. Agora é hora de guardar tudo novamente, as roupas que amassam fácil deixe em cabides (todos virados para o mesmo lado e iguais), as roupas intimas dobradas e organizadas em uma gaveta, as de academia em outra, a farda do trabalho deixe em um local acessível, os perfumes e cremes enfileirados em um cantinho, as calças em seu canto.

Nesse momento é uma ótima hora de visualizar o que falta e anotar, sabe aquela blusa que precisa de uma segunda pele que você ainda não comprou? Ou o algodão que acabou e você nunca lembra de comprar? Anote tudo e reponha assim que possível. Todas as coisas organizadas e setorizadas facilita a visualização de elementos que estão faltando, evitando que você perceba apenas na hora do sufoco. Outra dica é comprar caixinhas e mini-gaveteiros de plástico, eles ajudam a deixar em ordem pequenos objetos, ou roupas como calcinha/cueca. Organiza ai migs!

Imagem retirada do site Ana de Melo

4 - Cheiroso e evitando o mofo!

A limpeza em si e as roupinhas limpinhas, já deixam o guarda-roupa cheirosinho, mas se você quiser deixar mais cheiroso, mas sem impregnar nas roupas é só usar sachês, existe a versão comercial e as artesanais que você pode pendurar no cabide de forma estratégica, ou os aromatizadores que você pode borrifar no guarda-roupa. Outra ideia e mais barata é guardar sabonetes com a embalagem aberta nas gavetas, o cheirinho é bem suave e você pode ficar sempre trocando. 

Outra ideia baratinha é usar giz branco para absorver a umidade do guarda-roupa e evitar o surgimento de mofo. Apesar da minha cidade (Fortaleza) ser muito quente o ano inteiro, teve uma época que começou a aparecer cheirinho de mofo em um lado do meu armário e essa foi a solução, com o tempo o odor sumiu completamente. Além do sache com giz, coloco alguns no vão entre a última gaveta e o piso do guarda-roupa. 

Pretendo fazer outros posts sobre o assunto, mas primeiro eu quero saber:
QUAL A SUA DIFICULDADE NO QUESITO ORGANIZAÇÃO?

quarta-feira, 7 de junho de 2017

[COLA&BORA] Uma Sábado Qualquer | O Monstro

Toda primeira quarta-feira do mês é dia de vasculhar os projetos de financiamento coletivo para ver o que os nossos artistas estão produzindo, mas dessa vez os escolhidos chegaram por e-mail, dois blogs que acompanho há tempos estão com projetinhos lindos e precisando daquele apoio. Além de torcer muito pelo sucesso deles e a grandiosidade de seus projetos, já confirmei o meu apoio, agora só falta você!

HQ Um Sábado Qualquer - A infância de Cristo

Há sete anos o Carlos Ruas produz tirinhas bem humoradas sobre religião e mitologia, praticamente o mesmo tempo que acompanho o trabalho dele. Através do financiamento coletivo, o autor quer lançar o 4º livro do Um Sábado Qualquer, agora com uma coletânea de tirinhas que abordam a infância de Cristo, histórias leves e bem humoradas sobre essa família que tanto nos inspira.


O autor disponibilizou uma série de recompensas para quem ajudar esse novo projeto, além dos lançamentos anteriores: "Deus, por trás das câmeras", "Boteco dos Deuses" e "Fique com os Deuses", tem as desejadas pelúcias (Deus e Luci), almanaques, imãs, poster e outros elementos que vão fazer a alegria dos fãs. Se você ainda não conhece essa turma, passa lá no blog e confere essa fofura: Um Sábado Qualquer.



HQ O Monstro - A Casa no Fim da Rua

Acompanho o trabalho do Fábio Coala há três anos mais ou menos, suas histórias fofinhas e cheias de lições fizeram com que eu me apaixonasse por seus personagens. O Monstro é um bichinho de pelúcia que viaja em mãos em mãos ajudando as pessoas, mas desse vez ele se mudou para a casa no fim da rua mudando a vida de, uma garota que trocou os amigos reais pelos virtuais.


O enredo inédito traz um pouquinho de suspense, lágrimas e boas risadas, impossível não se apaixonar pelo monstro, o personagem tem um lugar especial no coração dos fãs do trabalho do Coala. Quem apoiar o projeto tem várias opções de recompensa, além dos livros antigos: Horo - O castelo da neblinaO Monstro - Filhos de Quíron, terá direito a marcador de páginas, postal, bloco de notas e a desejada pelúcia do monstro. Se você ainda não conhece esse lindo, passa lá no blog e se apaixone por essa turma: Mentirinhas.

terça-feira, 6 de junho de 2017

[Livro] Despedida de Solteira I - Mila Wander

Despedida de Solteira 1

Temos que reconhecer, Jéssica é uma magnifica organizadora de despedidas de solteira, afinal, se vai ter casamento, a noiva precisa ter certeza absoluta que quer realmente subir ao altar, e, principalmente, com aquele noivo. Festa, música, bebedeira e homens para fazer a alegria do grupo são essências para uma boa despedida, mas o significado que cada elemento desses vai trazer para a vida da noiva... ah isso é outros quinhentos!

Amande é bem chatinha, toda certinha, daquelas que quer tudo do seu jeito, sem surpresas. Cada passo da sua vida é extremamente planejado, o casamento então, nem se fala, mas um detalhe ficou esquecido e longe de sua planilha, a despedida de solteira. Claro que as amigas inseparáveis não iam deixar esse detalhe passar despercebido, Jéssica rapidamente planejou tudo e as garotas foram passar um fim de semana inteiro em uma casa de praia com um serviço exclusivo.

Despedida de Solteira 2

Aquele fim de semana estava totalmente fora da curva, nada tinha sido planejado, nem mesmo por Jéssica, estava tudo nas mãos daquela agência especializada em despedidas. A primeira surpresa foi a grandiosidade daquela casa em frente ao mar, piscina, bar, casa de massagem, quartos com vista para o mar, tudo estava perfeito. 

Na hora do jantar a equipe de serviço começou a aparecer, homens de terno com biótipos bem distintos, mas igualmente maravilhosos, começaram a interagir com as meninas, flertar educadamente com cada uma, nunca chamando pelo nome, mas sempre por senhorita para manter a descrição, mesmo Cláudia, que era a única casada do grupo.

Despedida de Solteira 3

Um par de olhos azuis, tão profundos que você poderia se afogar dentro deles, enigmático e arredio, mas com um sorrisinho de canto de boca que poderia nocautear qualquer coração. Caleb era um dos garotos contratados, acompanhante de luxo, estava servindo o jantar ao lado de Edu, Amande tentava olhar em seus olhos, mas ele sempre desviava o olhar.

Após o jantar, as meninas tiveram a oportunidade de dançar com os rapazes, se divertir, mas Amande ainda estava incomodada com aquele momento fora do seu planejamento, estava amuada no sofá, todos os garotos a convidaram pra dançar, inclusive Caleb. Depois, todos os meninos foram apresentados formalmente para o grupo, Amande tinha a missão de designar cada um para suas amigas, eles iam fazer daquele fim de semana perfeito para elas, inclusive Caleb com seu olhar profundo e aquele sorrisinho de canto de boca.

Despedida de Solteira 4

O fim de semana só estava começando, mas Amande já tinha percebido que não ia ser fácil, a todo instante ela tinha que se lembrar que estava noiva e precisava respeitar João Pedro, seu noivo. Cada trocada de olhar, cada sorrisinho de canto de boca, cada movimento a fazia questionar seu casamento e aquela loucura de fim de semana. As escolhas de Amande estavam literalmente saindo da curva e criando um novo caminho.

O enredo traz a melhor lição do mundo, aquela que você deveria levar para a vida e tatuar na testa para nunca esquecer: Escute seu coração! Saber identificar quando o coração deve falar mais alto é essencial, muitas vezes nos privamos de certos momentos por pensarmos demais e simplesmente esquecemos que devemos ser felizes. Às vezes é preciso agir por impulso, não pensar nas consequências, quebrar as algemas e simplesmente viver.

Despedida de Solteira 5

A leitura me surpreendeu bastante, o inicio é bem maçante devido às manias de Amande, mas à medida que os outros personagens vão surgindo a história vai ganhando outro ritmo, ficando viciante. A escrita de Mila Wander é bastante fluida, daquelas que você promete que é só mais um capítulo e quando percebe já leu mais dez.

Despedida de Solteira I é parte de uma trilogia, o primeiro livro mostra a despedida através do ponto de vista de Amande, o segundo de Caleb e o terceiro é uma nova história intercalando entre os dois personagens. As amigas da Amande dariam ótimos spin-off, queria mais detalhes sobre a vida agitada de Jéssica e as descobertas de Paloma, quem sabe uma reviravolta na vida de casada de Cláudia, na autoestima de Lara e no tribunal de Fabiana.

Costumo dizer que livro bom é aquele que mexe com o nosso coração, que faz pensar sobre a vida e esse com certeza me fez pensar sobre minhas decisões. Aquele HOT maravilhoso, com um trabalho editorial fantástico, que ganhou um lugar especial na estante! Que venham mais livros! Que venham mais sucessos! Que venha mais Caleb! Mila volte sempre a Fortaleza trazendo mais lançamentos! 

sábado, 3 de junho de 2017

[Promoção] Livro Cartas Para Um Pai + Marcadores Sortidos


Junho chegou todo colorido, cheio de bandeirinhas, música e um pratão de vatapá com baião de dois. Adoro São João e aquele milho cozido, aquela sensação que uma parte do ano já foi vencida com sucesso e temos mais seis meses para fazer daquele o melhor ano de nossas vidas! Junho sempre vem falando "calma lá, vamos realinhar as coisas". Vamos sim junho, vamos colocar a casa em ordem, tirar o que atrapalha do meio do caminho e dançar umas quadrilhas, vamos sim!

O início do mês também trouxe um sorteio especial para os leitores do blog, gentilmente a Qualis Editora disponibilizou um exemplar do livro Cartas para um pai, da Janaína Rico, para sortear entre vocês. As regras para participar são bem simples, basta deixar um e-mail para contato no formulário abaixo, caso queira mais chances é só curtir as fanpages Capsula de Banca e Qualis Editora, deixar um comentário substancial na resenha do livro e voilà, você tem todas as chances de levar esse sucesso para casa!

a Rafflecopter giveaway


Promoção válida até 30.06 - Boa sorte!

segunda-feira, 1 de maio de 2017

[Evento] XII Bienal do Livro do Ceará

Bienal do Livro é aquele momento mágico, onde autores e leitores se unem para contemplar e debater esse universo cheio de possibilidades e surpresas. A XII Bienal do Livro do Ceará aconteceu entre os dias 14 e 23 de abril, trazendo uma extensa programação para agradar de gregos a troianos, do circo a Hogwarts, da robótica ao café com pão de queijo.

Aquela grande faixa escrita "QUALQUER LIVRO POR R$10,00" é o chamariz para qualquer leitor louco por desconto, depois de muito vasculhar e fazer aquele crivo doloroso de quais livros levar, achei bons títulos para chamar de meu. Quem estava atrás de alguns lançamentos, a Livraria Saraiva estava com muitos descontos. A JusLivros estava focada nos autores nacionais, a Editora Universo em seus livros hot e o tradicional encontro de leitores.


No estande do Grupo de Comunicações O Povo estava acontecendo o lançamento das novas edições da Coleção Terra Bárbara, uma série de livros que traz a biografia de grandes nomes do Ceará, como o Fausto Nilo, Mário Gomes, Bárbara de Alencar, entre outros. O Grupo Ascendio levou uma exposição e diversas oficinas sobre o mundo de Harry Potter. Um dos mezaninos foi reservado para receber os artistas circenses e o espaço Boêmia Literária o painel que ficou famoso no Cais Bar, lendário ponto de encontro que foi inaugurado em 1985 e funcionou até 2003.

A programação estava bem diversificada e separada em blocos, os temas iam desde o cordel até a literatura fantástica, oficinas, debates e exposições. Alguns estandes ofereciam uma programação própria, como lançamentos e oficinas de encadernação (tentei fazer, mas ninguém sabia informar o horário). Infelizmente alguns estandes não divulgaram sua programação previamente e as ações acabaram ficando perdidas no meio do evento.


A Paula Pimenta foi a estrela do primeiro dia e André Vianco do dia 19, diversos escritores participaram da Bienal, seja em debates, intervenções ou realizando lançamentos. É muito gratificante ver diversos autores que acompanho desde sempre, ganhando espaço em um evento grandioso como esse, lembro da Paula Pimenta na bienal de 2010 sorridente tentando cativar alguns leitores e hoje ela é esse fenômeno, sempre fico emocionada vendo a quantidade de gente que acompanha o trabalho dela hoje, sucesso mais do que merecido!

Adoro essa troca, me permitir conhecer novas escritas e novos mundos, tirar foto e tietar um pouquinho, alias, senti falta dos grandes nomes, daqueles populares que arrastam multidões, que fazem as filas dar voltinhas de empolgação. Nesse ano também não teve os grandes shows, música não é o foco do evento, mas sempre movimentava e conseguia arrecadar pilhas de livros para doação (você tinha que trocar um livro por um ingresso).

No geral, o saldo foi positivo, consegui comprar alguns livros que estavam na minha imensa listinha de desejados por um precinho feliz, participei de alguns lançamentos como o de Fisheye da Kamile Girão e o A Vidente da Casa de Pedra da Clara Lêda, autora de A Corrente e o Pigente. Finalmente consegui conhecer a Magali Polida, autora de BichoMeMulher, pessoa maravilhosa e divertida que eu sempre admirei através das redes. Reencontrei o fiel parceiro do blog Leonardo Nóbrega, autor de Outros Tempos e Crimes do Tarô

Cada pessoa, um livro;
o mundo, a biblioteca.

domingo, 30 de abril de 2017

[Evento] Lançamento Despedida de Solteira II - Mila Wander


Podemos surtar? Mila Wander está vindo para Fortaleza lançar o livro Despedida de Solteira II, trilogia que é sucesso absoluto na Amazon. Dessa vez vamos conhecer a versão de Caleb, um garoto de programa contratado para animar a despedida de solteira da Amande, mas aquele simples serviço pode mudar a sua vida. Mais um lançamento maravilhoso da Qualis Editora! Dia 06.05 às 16h na Livraria Cultura, vem se divertir com a gente!

DESPEDIDA DE SOLTEIRO II - MILA WANDER
Caleb é um garoto de programa experiente que está pronto para mais um trabalho: proporcionar diversão e entretenimento numa despedida de solteira memorável. Junto com seus colegas, ele viaja para uma casa na beira da praia, onde servirá suas clientes por todo fim de semana. No entanto, tudo muda quando se depara com Amande, a noiva que parece indecisa sobre o próprio casamento e que o deixa atraído de uma maneira intensa. O que Caleb não sabe é que um simples serviço pode mudar a sua vida para sempre, principalmente quando se vê completamente apaixonado pela mulher que está prestes a se casar.



OUTROS TÍTULOS DA AUTORA


DOMINADOS - MILA WANDER
Laura Diniz está concorrendo a um cargo na diretoria da Construtora Marcos Delacox. Henrique Farias também. Laura Diniz é orgulhosa, ambiciosa, poderosa e viciada em desafios. Henrique Farias também. Laura Diniz é uma dominatrix fatal. Henrique Farias é um dominador intenso. O jogo de poder e sedução só está começando!

O SAFADO DO 105 - MILA WANDER
A analista de sistemas Raissa Magalhães finalmente compra um imóvel e realiza o sonho de morar sozinha. Assim que ela se muda para a casa de número 104, descobre que seu novo vizinho, que ela apelida de Calvin, é um chef de cozinha alto, bonito, jovem e sarado.

Com o tempo, ela descobre que dormir em seu novo quarto será uma missão impossível. Da casa 105, geminada com a sua, chegam, noite após noite, gemidos e gritos de prazer das mulheres que visitam seu vizinho.

A vocação do rapaz para a safadeza não só impedirá Raissa de dormir profundamente, mas irá incitá-la e excitá-la de tal maneira que ela, também, começará a frequentar o 105.

O desejo de Raissa se transformará em paixão. Só que a analista de sistemas sabe muito bem que se apaixonar por um homem com tamanho currículo sexual pode não ser a coisa mais sensata.

Conseguirá Raissa mudar o jeito irresponsável e descompromissado de seu vizinho, fazendo-o se apaixonar por ela? Ou será que almejar um futuro amoroso ao lado de um safado convicto é pura ilusão?