terça-feira, 16 de agosto de 2016

[Livro] O Lado Bom da Vida - Matthew Quick

o lado bom da vida

Aquela passada rápida pela biblioteca me fez levar para casa o grande sucesso literário com cara de filme, mas não se engane pensando que sempre desejei fazer essa leitura, só escutava falar o quanto o livro era apaixonante, mas o cúpido ainda não tinha me flechado, até que no meio de prateleiras e mofo Pat Peoples me lançou uma piscada, me levou para o porão de sua casa e entre pesos e halteres me contou a sua história de como ele e Nikki estavam passando um tempo separados.

O tempo separado foi o grande motivo para levá-lo ao lugar ruim, um hospital psiquiátrico que lhe dopava e falava sobre Nikki de forma cruel, mas ele estava se esforçando para ser um homem melhor, quando eles tivessem juntos novamente ela perceberia a sua grande mudança, os quilos que perdeu, os livros que leu e principalmente o homem gentil que tinha se transformado.

o lado bom da vida 3

Após longos anos Pat sai da clínica e volta a morar na casa dos pais, sua mãe está totalmente comprometida em ajudar no tratamento do filho, mas seu pai se nega a falar com ele. O sotão da casa foi transformado em uma academia particular, assim Pat poderia continuar fazendo a sua série de exercícios de 10 horas, vestindo um saco plástico para ajudar a perder peso mais rápido.

Pat estava tentando voltar a sua rotina normal, mas todos em volta estavam cheios de dedos, ninguém falava sobre o lugar ruim, ou mensurava quanto tempo ele ficou preso lá dentro, as fotos do casamento com Nikki simplesmente sumiram e ninguém ousava falar sobre o que tinha acontecido. Todas as sextas, as 15h, Pat tinha um encontro marcado com o terapeuta, toda sessão ele escolhia entre a poltrona preta, ou morram, dependia do seu humor.

o lado bom da vida 4

As sessões ajudam a colocar um pouco de ordem na cabeça de Pat, ele tinha perdido a noção do tempo e apagado o que realmente tinha acontecido para Nikki ir embora, a única coisa que ele sabia era que o sax do Kenny G provocava rompantes violentas em sua cabeça e uma dor visceral em sua cicatriz, que alias ele nem sabia onde tinha conseguido.

Tiffany é a irmã da mulher do seu melhor amigo, em um jantar casual faz com que os dois percebam que possuem algo em comum, muito mais do que a lista de remédios antidepressivos e o fato de todos acharem que são loucos. Ela perdeu um marido e ficou viúva, mas ninguém pode falar sobre isso. Ela perdeu o emprego, mas também ninguém pode falar sobre isso. Ela voltou a morar no anexo da casa dos pais, mas ninguém pode falar sobre isso. Todos fingem que tudo está normal, mas não está.

A história vai se desenrolando junto com o campeonato de futebol americano, o estádio que frequentava não existe mais e a escalação dos jogadores  mudou por completo, ele ganhou do irmão a camisa oficial com o nome da grande aposta do time, mas apesar de ser uma tradição da família assistir aos jogos, algo estava fora do lugar. Sua mãe continuava preparando os bolinhos de caranguejo da sorte, seu pai mantinha as mandingas, seu irmão sempre aparecia, mas um lapso de tempo era inexplicável, na dúvida todos gritam E-A-G-L-E-S Eagles!

O lado bom da vida 2

Essa obsessão do Pat com a Nikki é doentia, ele coloca ela em um pedestal como se ele tivesse que se curvar para ser bem aceito, achei sensacional o desfecho que o autor deu para essa loucura, o modo como ele se curou e que usou o tempo certo para isso, usou todos os argumentos de forma bem natural, nada foi forçado. Claro que a obsessão dele por futebol deixa a leitura um pouco chata, mas graças a esse elemento temos diversas cenas hilárias.

Imaginei um livro com mais romance e com um final previsível, mas li um enredo focado na obsessão, na loucura em diversas formas e no tempo, o que eu eu achei mais sensacional foi a ideia de tempo, o "vamos dar tempo ao tempo" e tudo vai retornando ao seu lugar. O autor segurou os mistérios de forma magnifica, aqueles segredos selados que só o leitor não "escutou", o observador presente. Leitura recomendada!



domingo, 14 de agosto de 2016

[Divulgação] Coletâneas Darda Editora - INSCRIÇÕES ABERTAS

Hoje eu trago mais uma seleção de coletâneas publicadas pela Darda Editora, uma ótima oportunidade para tirar aquele texto esquecido da gaveta, aqueles versos do canto do caderno, aquela rima do pedaço de papel e deixar que o mundo os conheça. As inscrições já estão abertas e você já pode mandar seus escritos para a temática que mais lhe agradar, só não perca essa oportunidade ;)


POEMAS 10!
Poemas 10! é um projeto novo e fixo, sob organização exclusiva de Fernanda Mothé Pipas, pedagoga, colega poetisa, há muito escritora do conhecido Recanto das Letras, autora dos livros Mar de Amor em Ondas de Poesia e A Tagarela, e gerente editorial desta casa. Esta coletânea visa, em período bimensal, reunir 10 talentosos poetas/poetisas em suas edições em uma seleção livre e também muitíssimo especial, como os outros projetos da Darda Editora.

- Organização: Fernanda Mothé Pipas
- Informações: fernandamothe@dardaeditora.com.br
- Inscrições abertas até 30.08.2016


MEU PEQUENO GRANDE LIVRO
A Darda Editora convida a conhecer e participar do projeto Meu Pequeno Grande Livro, com idealização e organização do autor Davi Paiva. Para tanto, basta, por favor, ver o regulamento. Caso tenham dúvidas, vejam o item 14 do edital.

- Organização: Davi Paiva
- Edital: AQUI
- Inscrições abertas até 01.10.2016




AMORES PLATÔNICOS
Poetas e poetisas, esse projeto particular convida vocês a libertarem a inspiração e nos encantar com a beleza dos versos oriundos da alma e do coração.

- Organização: Marcelino Taveira da Silva e Natália Quintela;
- Acesse o EDITAL
- Inscrições abertas até 15.09.2016



POESIA CONCRETA BRASILEIRA
O organizador José Vicente Neto e a Darda Editora convidam a soltar o Poeta Concreto que habita em você e enviar seus poemas para esta coletânea.

- Organização: José Vicente Neto
- Acesse o EDITAL | Ficha de inscrição: AQUI
- Inscrições abertas até 03.09.2016






quinta-feira, 28 de julho de 2016

[Livro] Minha Pequena, Grande Mulher #1 - Simone Fraga

para amar e proteger

Segura essa marimba, que o livro de hoje é pura sedução! Um segurança apaixonado, uma casa de sadomasoquismo e uma empresária poderosa. Esquece o Christian Grey, O Guarda-Costas e qualquer outra história que você lembrou com esses elementos, o grande trufo desse livro é que a autora, Simone Fraga, conseguiu pegar elementos já batidos da literatura e deu uma roupagem completamente diferente para eles, saiu do senso comum, da forma, do padrão.

Júlia é herdeira de uma rede hoteleira, atraente, bem-sucedida, se prepara para assumir os negócios da família e permitir que finalmente seu tio se aposente. Quem não conhece o seu passado até pensa que tudo são flores, mas por trás de sua postura de mulher durona existe uma menina amedrontada que se assusta só com a lembrança de seu padrasto voltar para sua vida.

para amar e proteger 2

Sua infância foi marcada pela violência, sua mãe não tinha mais condições de protege-la do mal e seu padrasto tinha planos perversos para o futuro da garota. Após um episódio em que Júlia foi parar no hospital e ficou entre a vida e a morte, seu tio finalmente conseguiu a guarda da garota, era a sua chance de ter um futuro com o mínimo de humanidade. Era hora de limpar as feridas e seguir em frente.

Lucas estava sempre presente, um garoto da vizinhança que protegia e segurava a mão de Júlia quando o medo se fazia presente, mas era arriscado ficar, ele foi obrigado a se afastar para proteger a própria vida e de sua família. Longe o garoto se transformou em um homem sedutor, dono da empresa de segurança mais renomada do país, preparado para enfrentar qualquer situação, menos reencontrar o seu passado e protege-lo do mundo.

para amar e proteger 3

A tensão era inevitável, seus corpos faiscavam quando se tocavam, chegava a ser enlouquecedor pensar que ele via ela apenas como uma menina frágil, mas ela queria té-lo como homem, queria ser sua, somente sua. Lucas precisava ir com calma, ele tinha sido contratado para proteger a vida de Júlia após a última ameaça de seu padrasto, serviço que ele ia fazer pessoalmente e com todos os recursos que ele tivesse disponível, mas tinha medo da reação dela quando descobrisse seus gostos peculiares, como ele poderia mostrar para uma menina tão traumatizada o seu gosto por sadomasoquismo?

Além disso tinha o clube exclusivo onde casais praticavam a arte da dominação, de forma privada ou como uma apresentação para os frequentadores, o local tinha regras claras e bem rígidas, os sócios eram escolhidos a dedo, mas Júlia poderia ficar acanhada ao se despir e mostrar prazer aos olhos de desconhecidos. O romance tinha que dar um passo de cada vez, cada ato tinha que ser milimetricamente pensado, se não Júlia poderia se assustar, ou o seu padrasto podia finalmente conseguir o que tanto queria, Lucas era o único que podia impedir que algo desse errado.

para amar e proteger 4

O que eu mais gostei do enredo é que ele saiu do lugar comum, se é pra falar de sadomasoquismo não vamos nos limitar apenas as palmadas e amarras, vamos falar sobre velas, chicotes, cera quente, balanço, plugs e os jogos de dominação, não apenas o mandar e o outro obedecer, mas fazer com que o outro entenda a prática e queira brincar também, não por medo, mas por prazer, por ter vontade de conhecer os seus limites e saber até que ponto seu corpo pode chegar.

A história não se limita ao romance, tem muita perseguição, tiro, briga e gente morrendo no hospital, além do sexo tem o drama policial sobre o padrasto de Júlia, todo o esquema para finalmente conseguir coloca-lo na prisão e provar o monstro que ele é, mas para isso foi necessário arriscar tudo, até a integridade de todos os envolvidos para finalmente se ter paz.

para amar e proteger 5

O enredo foi construído mesclando toda a sensualidade das cenas quentes (e põe calor nisso) com o drama policial, fazendo com que o leitor ficasse menos tenso quando tinha as cenas mais apimentadas e se recuperasse quando iniciava a pancadaria, um dava suporte para o outro evitando que a história perdesse o romance, ou tivesse sexo demais sem história para contar.

Confesso que não esperava muito, mas me surpreendi como a autora conduziu os elementos que parecem tão batidos quando se olha superficialmente. Como eu li a primeira edição do livro, encontrei alguns erros de revisão e senti falta de um olhar sobre a estrutura textual, alguns trechos não dava para entender quem estava falando especificamente, já que horas o texto era narrado em primeira pessoa (alternando entre Lucas, Júlia e as vezes outro personagem) e horas em terceira pessoa, mas acredito que já devem ter ajeitado esses detalhes, pois hoje o livro já está na 3ª edição e com nova roupagem pela Qualis Editora, um verdadeiro sucesso!

A previsão é que a série Para Amar e Proteger tenha 6 livros ao todo e alguns extras, cada publicação contará a história de um casal, o primeiro de Lucas e Júlia, o segundo da Val e Lion, o terceiro da Amarilis e Jony (o mais aguardado de todos, pelo menos por mim), o quarto Laura e Bennet, o quinto Vanessa e Ian, e o sexto apenas de Júlia (não sei se a Júlia-Mãe ou a Júlia-Filha crescida). - Simone libera essa história, você esta mantando seus leitores de ansiedade, estou louca para saber como ficou o relacionamento de Val e Lion! - Série SUPER recomendada!


quarta-feira, 27 de julho de 2016

[Promoção] Um Conde em Minha Vida - Até 20.08


A Qualis Editora estará na Bienal de São Paulo, lançando o livro O Misterioso Conde de Rothesay, um romance de época escrito pela querida Roxane Norris. O evento vai acontecer no dia 28.08, às 14h, no estande M79, mas antes de qualquer coisa, o blog vai sortear 2 leitores para receber o livro em primeira mão, então não perde tempo e venha se deliciar com esse Conde!

Regras da Promoção:
1 - Curtir as páginas:
Blog Cápsula de Banca


2 - Preencher o formulário AQUI - No item "Em qual blog viu a promoção?" responder "Cápsula de Banca".

Os Prêmios:
1º Lugar - Livro, Bonequinha de Porcelana, Leque e Marcadores Personalizados.
2º Lugar - Livro, Leque, Marcadores Personalizados.

Boa sorte - Resultado no dia 20.08

quarta-feira, 20 de julho de 2016

[Livro] Você Sempre Ganha! - Zíbia Gasparetto

Voc sempre ganha

Quando recebi o livro Você Sempre Ganha! lembrei de uma citação que costumo levar para a vida, não lembro exatamente onde escutei, ou exatamente o que escutei, mas fala que se você ainda não encontrou a felicidade é porque o fim ainda não chegou, logo, você sempre ganha. Esse livro é bem diferente dos outros da Zíbia, ele não é psicografado, não é um romance, mas conta diversas histórias que você acaba se identificando com os personagens.

Você Sempre Ganha! traz uma série de cartas/e-mails (44 para ser mais exata) de leitores que relatam seus problemas e pedem conselhos para Zíbia Gasparetto. No primeiro momento achei que as questões levantadas tinham um teor mais espirita, ou uma resposta que fosse por esse viés, mas me enganei, as perguntas relatam problemas bem comuns do nosso dia-a-dia e as respostas são bem maternalistas.

voc sempre ganha4

As perguntas são sobre relacionamentos, mentiras, traições, negativismo, impressões, crendices, emprego e principalmente sobre amor e cuidado. As respostas são pautadas no amor e no positivismo, que todos são capazes e merecem ser felizes, que devemos erguer a cabeça e lutar por nossos sonhos, que jamais devemos nos abater por pensamentos negativos, ou nos limitar por nossos medos, podemos e vamos conseguir vencer a batalha da vida, sempre ganhamos!

O que achei bem interessante nas colocações de Zíbia é que algumas perguntas tentavam colocar a culpa em espíritos obsessores (espíritos sem desenvolvimento espiritual que possuem pessoas suscetíveis para prejudica-las), ou em trabalhos (macumbas, feitiços, bruxarias), mas suas respostas sempre descartavam essas possibilidades, aconselhava o pensamento positivo (aquele de verdade, feito de coração), que a pessoa continuassem acreditando e lutando por uma situação melhor.

voc sempre ganha3

Espiritualmente falando espíritos obsessores e trabalhos prejudicam e muito a nossa vida, mas ambos precisam encontrar uma brecha para conseguir nos atingir, se você mantem o pensamento positivo, a caridade e trabalha o amor no seu dia-a-dia, seu corpo fica fechado para esse tipo de coisa, mas se você trabalha o negativismo e alimenta o ódio, você se torna suscetível a esses tipos de ataques. Lembre-se que o bem atrai o bem e o mal atrai o mal.

As questões são feitas anonimamente, por isso o livro traz apenas um trecho do que foi exposto, em seguida a Zíbia responde levando em consideração tudo o que foi dito, o que pode ser bastante confuso para o leitor, já que as vezes ela se refere a algo que foi oculto na pergunta. Alguns pontos leva o leitor a se identificar instantaneamente com a causa, por serem comuns, outras nem tanto.

voc sempre ganha2

Confesso que os romances da Zíbia são os meus preferidos, por isso me causou um pouco de estranhamento com esse formato de livro, apesar da escrita dela ser bem envolvente, mas ainda prefiro uma boa história e seus personagens cativantes. O trabalho editorial está impecável, eu sempre me pego babando a qualidade das cores da impressão, o que já considero uma característica da editora.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

[Divulgação] Livro História dos Jogos Olímpicos - GRÁTIS

Sediar os Jogos Olímpicos é uma grande honra para qualquer país, uma oportunidade de mostrar aos olhos do mundo o melhor que aquele local tem para oferecer, além de atrair turistas, é uma chance de conquistar investidores e assim melhorar a qualidade de vida daquele povo. O Brasil é sede das Olimpíadas 2016 e já percebemos que nem tudo são flores, mas o momento serve de inspiração para grandes projetos e pesquisas.

Hoje a editora Armazém da Cultura trouxe uma pesquisa inovadora, disponibilizou aos seus leitores o livro História dos Jogos Olímpicos, publicação inédita escrita por Aírton de Farias, historiador cearense que ganhou fama após publicar dezenas de pesquisas sobre a história do Ceará e do Brasil. A publicação conta com a apresentação do Juca Kfouri, um dos jornalistas esportivos mais famosos do Brasil.

O livro é bem detalhista, aborda desde os jogos da antiguidade até os modernos, passando pelas guerras, conflitos e ditaduras, detalhando as modalidades, os conflitos dos países e das organizações, relata a aproximação do estado dos jogos, a trajetória do Brasil nos jogos e principalmente sobre o sonho olímpico. 

Além do material riquíssimo do meu ex-professor, ou melhor, do meu eterno professor, pois sempre que preciso busco seus livros, pois sei que além de uma linguagem popular suas pesquisas são ricas em detalhes, o livro traz uma diagramação impecável. O livro está disponível para DOWNLOAD e para quem desejar colaborar com a pesquisa, pode fazer uma contribuição de qualquer valor.