quinta-feira, 30 de junho de 2016

[Livro] O Calor do Vaqueiro - Sable Hunter

o calor do vaqueiro

"Eles amam tão duro quanto trabalham" - A premissa da história dos irmãos McCoy já é de tirar o folego, principalmente quando você descobre que são 6 homens na flor da idade e com os hormônios fervendo. O Calor do Vaqueiro é o primeiro livro da série Hell Yeah!, cada publicação relata a história de um dos Cowboy do Rancho Tebow e para começar temos Aron McCoy, o irmão mais sisudo da fazenda. 

Libby Fontaine é uma garota que passou boa parte da vida em hospitais lutando contra o câncer, diagnosticada com leucemia no colegial, ela se submete a diversos tratamentos experimentais para tentar ganhar um pouco de alivio nessa luta. Sua paixão são os romances eróticos, fieis companheiros nas longas estadias em hospitais, mas para seu alívio o oncologista permite que ela tenha alguns meses de descanso, uma pausa no tratamento que estava evoluindo de forma satisfatória.

o calor do vaqueiro4

Aquela era a sua grande chance, ela tinha que aproveitar tudo que a vida tinha para lhe proporcionar, TUDO e o Rancho Tebow era o lugar ideal. Contratada para cuidar da casa dos irmãos McCoy, Libby encontra um antigo amor do colégio, Aron McCoy, o mais velho e rabugento dos irmãos, seu coração tinha fechado para balanço após encontrar sua ex-mulher na cama com um de seus irmãos.

Após o falecimento de seus pais, Aron McCoy se tornou o responsável pelo Rancho Tebow, trabalhar incansavelmente era a melhor forma de esquecer a perda recente e o caos que o seu casamento tinha se tornado. Até que a pequena Libby chega para destruir todos os muros que Aron tinha construído em volta de si, foi paixão a primeira vista, bastou um olhar para todo o fogo que estava guardado dentro dele acender e consumi-lo, aquela mulher tinha que ser dele!

o calor do vaqueiro3

Após o jantar, sozinhos na cozinha, Aron quer tomar para si o que é dele, mas se surpreende ao saber que ela ainda é inexperiente e ele não se sente no direito de machuca-la por um capricho, mas na calada da noite Aron enlouquece ao ver a pequena Libby tomando banho nua no tanque da fazenda... Sua doçura e carinho conquistou todos os irmão McCoy, ao lado deles conseguiu experimentar tudo que desejava, desde uma noite de jogos no bar da cidade, até um sexo selvagem com o homem que amava, mas infelizmente ela tinha poucos meses para aproveitar tudo.

Confesso que escolhi a leitura pelo título, nunca tinha lido romances eróticos ambientados em fazendas, fiquei curiosa para saber como a autora iria introduzir tal característica no texto sem ficar forçado, ou pesado demais. Acredito que foi na medida, consegui viajar para o Rancho Tebow e perceber suas características, seu estilo de vida, mas sem imaginar um matuto com um talinho no canto da boca falando engraçado, foi natural.

o calor do vaqueiro2

Natural foi a ambientação, mas não a forma que os dois se apaixonaram, de um lado uma mulher inexperiente louca para aproveitar a vida, do outro um cara que tinha se fechado para o mundo, apenas com uma troca de olhares a autora colocou tais características no chão e criou um romance enlouquecedor e visceral, onde os dois estavam viciados pela pele do outro. Talvez uma história um pouco mais trabalhada em seus pontos chaves, mais charminho de ambos os lados, mais dramas antes da solução, traria mais torcida para o casal.

O que não significa que o casal não seja envolvente, claro que é, você acaba torcendo pelo desfecho e que o final traga boas notícias e boas comidas, pense numa cozinheira de mão cheia essa tal de Libby! Claro que o foco são as cenas safadinhas, eles colocam a casa abaixo para saciarem seus desejos, algumas partes forçadas, outras envolventes, mas em algum ponto o enredo consegue conquistar o leitor e te fazer desejar o próximo Cowboy do Texas, o Jacob McCoy.

Nenhum comentário:

Postar um comentário