sábado, 26 de dezembro de 2015

[Cinema] The Ridiculous 6


The Ridiculous 6 é a primeira das quatro produções realizadas pelo canal Netflix com o ator Adam Sandler, o queridinho das comédias americanas. Essa parceria de peso só poderia causar muita expectativa, principalmente depois dos diversos lançamentos do canal que levou a crítica a loucura, mas a aposta se tornou vexaminosa após as críticas pesadas que o filme recebeu.

Ambientado no velho oeste, o longa é uma sátira de faroeste com direito a índios, valentões, bandidos, prostitutas e mocinhas indefesas. Faca Branca tem um encontro emocionante com o bandido Frank Stockburn, o seu verdadeiro pai que disse estar arrependido por ter abandonando o filho quando ainda era uma criança. Hoje Faca Branca é bastante admirado entre os índios que lhe criou, virou um guerreiro e está pronto para se casar.


Depois de muitas revelações Frank é sequestrado por outros bandidos na busca por 50.000 dólares, mas Faca Branca com receio de que o dinheiro não fosse encontrado e o seu pai fosse morto, partiu em uma jornada de roubos para levantar a quantia desejada, afinal roubar de ladrão não era errado. No meio do caminho conheceu seus outros cinco irmãos, todos de mães distintas e que foram abandonados pelo pai, mas o único desejo era que cada um tivesse algumas respostas do velho Frank

O primeiro irmão encontrado foi Ramon Stockburn e seu burrego, a dupla se mostrou bem afinada e habilidosa, com uma arma secreta eles fariam qualquer um correr dali... nem que seja para um banho. O próximo foi Lil' Pete Stockburn, um caipira ingênuo com três mamilos que só queria um abraço do pai, mas seu pescoço forte seria bem útil quando fosse enforcado.

Herm Stockburn, o produtor de whisky de primeira qualidade, ainda estava muito sensível devido a morte de sua mãe e o isolamento que vivia, principalmente usando um dialeto que ninguém entendia. Chico Stockburn é o pianista fortão que tinha todo estilo de bandido, mas a sua maior habilidade era tocar piano com o pênis... mas ele guarda o segredo de ser um pouquinho negro. Danny Stockburn só queria escutar um conselho do pai, pois a culpa de ter ido ao banheiro na hora que o presidente foi morto lhe perseguia, afinal, ele era o segurança particular do cara...


A história vai se desenrolando em meio a tiros, brigas e muitas trapalhadas, todos os personagens são bem caricatos, principalmente por causa dos atores escolhidos, afinal quem não começa a rir só de olhar para o Terry Crews? Além do pai do Chris e Adam Sandler como o destemido Faca Branca, temos a participação de Rob Schneider, Taylor Lautner, Jorge Garcia, Luke Wilson e Nick Nolte.

O filme é bem engraçado, alcançou as minhas expectativas e o final me surpreendeu. Apesar das críticas, se você tiver querendo assistir algo bem leve e dar boas gargalhadas com piadas tolas é um prato cheio, em nenhum momento me ofendi com as piadas e não me senti diminuída por ser mulher. Me lembrei bastante do personagem Zohan do Adam, aquele jeitão de "sou sério e vou salvar as mulheres", mas não passa disso, é só mais um personagem sem graça do ator, mas o longa como um todo é bem hilária. Enfim, recomendo o filme, mas se não gosta desse tipo de humor, "muda de canal"!


Um comentário: