terça-feira, 27 de maio de 2014

[Livro] Presságio, O Assassinato da Freira Nua - Leonardo Barros

CAM00947

Uma freira nua é encontrada morta em seu quarto, sinais claros de luta corporal e violência sexual. Um de seus alunos é o principal suspeito, um garoto franzino que gostava de carregar os livros da professorinha querida. Dias depois, outra freira nua é encontrada morta em uma festa a fantasia, sinais claros de sexo consensual, e nenhuma testemunha.

Alice Vegas viu tudo, o sexo, a surpresa, a morte, e ela podia garantir que o garoto franzino não era o diabo, assassino de sua inimiga Vivian, mas a polícia já considerava o caso encerrado, o garoto era o serial killer que adorava freirinhas, tinha pistas nos dois crimes que apontava a sua autoria, tão burrinho!

Os presságios de Alice viraram piada para a polícia, ela estava na festa em que o crime aconteceu, viu tudo, mas não pessoalmente, e sim através das visões que tinha durante o orgasmo (no meio do livro, ela tinha quando entrava em contato com lugares/pessoas em comum com os fatos, e não mais nos orgasmos, ou ela ficou muito sensível sobre).

CAM00951

Ninguém acreditava no que Alice relatava, afirmavam que era alucinações causadas pelas drogas que ela tomou na festa, mas no fundo ela sabia que o que tinha visto era verdade, e que precisava provar que o assassino ainda estava a solta. Tentando provar a verdade, Alice se meteu em várias confusões, se envolveu com pessoas erradas, virou a principal suspeita de diversos crimes, e por mais que tentasse, ela só conseguia provar que estava louca, e o pior aconteceu.

A história é bem construída, o leitor fica sempre com a dúvida de quem está falando a verdade, o que torna o final surpreendente. O foco da narrativa vai alternando no decorrer dos capítulos, o que nos da a possibilidade de conhecer o que todos os personagens pensam, ou o que escondem daquela festa.

Presságio tem uma das características que mais admiro em livros policias, a narrativa é enxuta, o autor não da voltas intermináveis para contar algo simples, como se isso fosse fazer suspense, artifício que muitos autores utilizam. Em compensação, o leitor não se apega muito aos personagens, já que se foca na história em si, e não na personalidade dos personagens, o que é total dispensável.

A linguagem é informal, carregada de gírias, o que da vericidade a "realidade" dos personagens. Os capítulos são curtinhos, o que facilita a leitura, e o leitor fica naquela "ah, só mais um capítulo", e acaba devorando o livro inteiro em poucas horas. Recomendo a leitura, mas fica AVISADO: o livro possui cenas fortes, haha.



Leonardo Barros é médico cirurgião, escritor nas horas vagas, e participa do projeto Infinito Criativo das Letras. Além do autor, quero aproveitar para agradecer a participação das meninas no Book Tour de Presságio, promovido pelo blog, fiquei muito feliz pela participação de cada uma, e pela animação. Segue todas as resenhas para vocês conferirem também:


Mais informações:

8 comentários:

  1. Oie!

    O livro tem cara de interessante, mas não tenho muito o que dizer sobre ele. O que me intrigou foi a questão da narrativa enxuta e o foco mais na história do que nos personagens. Deve ser legal os personagens não terem excesso de destaque, como alguns livros, pois aí você pode compreender o desenlace sem se "apegar" a alguém.

    As pessoas aprenderam a se apegar ao que é negativo e não conseguem se livrar disso. Acho que é normal.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. adoro livros com histórias beirando o sobrenatural, parece ser muito boa a história!

    Beijos! http://sugar-dance.org/blog

    ResponderExcluir
  3. Desde que eu vi pela primeira vez a sinopse de Presságio, fiquei fissurada em comprar o livro, porque amo livros policiais e paranormais... hoje eu tenho o meu, mas ainda não pude ler :/ Espero mudar isso logo!
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  4. Amei sua resenha,
    me deixou com muita vontade de ler esse livro :)

    Beijos.
    Deep Luv

    ResponderExcluir
  5. Neyara!
    Gosto de livros que envolvem mistérios e suspense.
    A resenha ficou fantástica, gostei muito do seu ponto de vista.

    Desejo um mês maravilhoso e um final de semana de luz e paz!
    Obrigada pela visita feita ao blog.
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!
    “Os ventos que às vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar... Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim, aprender a amar o que nos foi dado.Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre...” (Bob Marley)
    Blogueiras Unidas 1275!

    ResponderExcluir
  6. Amiga,
    esse livro me pareceu tão estranho, não sei.
    mas não da para julgar o livro pela capa né?!!
    vou ler mais resenhas para saber mais sobre ele e ver se gosto :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu achei a premissa desse livro bastante interessante, fiquem com vontade de lê-lo!

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  8. Nossa amei sua resenha, esse livro parece ser mesmo muito bom, vou ver se encontro ele a venda online, parabéns pelo blog Neyara, voltarei mais vezes por aqui!
    Dá uma passadinho no meu blog quando puder: http://sexofraldaserocknroll.blogspot.com.br/
    Bjs***

    ResponderExcluir