quarta-feira, 1 de maio de 2013

1ª de Maio - Dia de Iracema, a virgem dos lábios de mel


Hoje é um dia muito especial para a cultura cearense, pois em 10 de fevereiro de 2012, a prefeita Luizianne Lins (PT) instituiu a Lei Municipal que estabelece o dia 1ª de Maio como o Dia de Iracema, incentivando o desenvolvimento de projetos para preservar e promover o ícone, que hoje possui 6 estátuas em má conservação. A índia personagem do livro Iracema do escritor José de Alencar, virou um ícone cultural de Fortaleza, pois além de seu amor a terra, apresentou ao mundo diversos pontos turísticos do Ceará.

A história da índia mostra diversos fatos históricos sobre a fundação do Ceará, e a colonização do Brasil, dando enfase para a rivalidade das tribos indígenas, a união entre o índio e o branco, dando a Iracema, a virgem tabajara, o título de "Mãe cearense". A data foi escolhida devido o aniversário do autor, mas o dia não teve nenhuma programação especial. =/

Estatua de Iracema localizada na Lagoa da Messejana. A imagem foi inspirada na apresentadora Natália Nara, que ganhou um concurso para escolherem a modelo da estátua. Hoje a bomba que jogava água na estátua foi roubada e a prefeitura nunca colocou outra no lugar. - Imagem do Messejana NET.

Estátua Iracema Guardiã localizada na Av. Beira Mar. A obra foi recentemente reformada devido vandalismos, porém ela perdeu as características originais, como os traços do rosto. - Imagem do G1

Estátua de Iracema inaugurada em 24 de junho de 1965, obra do pernambucano Corbiniano Lins, localizada no Mucuripe. Além da índia, também está representado seu marido Martim Soares Moreno, seu filho Moacir e o cão Japi. Hoje existem boxes para a venda de peixes entre a estatua e o mar, o que quebrou o sentido dela, já que a paisagem fazia parte da obra. - Imagem do Notas de um Scarpin

Nesse domingo eu participei do projeto Caminhos de Iracema, um trenzinho que leva os interessados a visitar alguns pontos que marcaram a vida de José de Alencar. Achei muito interessante, pois nunca tinha visto a estátua de Iracema que fica na Lagoa da Messejana, nem a Casa José de Alencar, local onde o escritor viveu sua infância. Além das 4h de cultura, o passeio foi bem divertido e organizado, super recomendo! Para quem não é de Fortaleza, pode curtir a história lendo o livro Iracema, super indico ;)

Mais informações sobre o projeto Caminhos de Iracema

Bonne nuit, bonne chance

Nenhum comentário:

Postar um comentário