quarta-feira, 20 de julho de 2016

[Livro] Você Sempre Ganha! - Zíbia Gasparetto

Voc sempre ganha

Quando recebi o livro Você Sempre Ganha! lembrei de uma citação que costumo levar para a vida, não lembro exatamente onde escutei, ou exatamente o que escutei, mas fala que se você ainda não encontrou a felicidade é porque o fim ainda não chegou, logo, você sempre ganha. Esse livro é bem diferente dos outros da Zíbia, ele não é psicografado, não é um romance, mas conta diversas histórias que você acaba se identificando com os personagens.

Você Sempre Ganha! traz uma série de cartas/e-mails (44 para ser mais exata) de leitores que relatam seus problemas e pedem conselhos para Zíbia Gasparetto. No primeiro momento achei que as questões levantadas tinham um teor mais espirita, ou uma resposta que fosse por esse viés, mas me enganei, as perguntas relatam problemas bem comuns do nosso dia-a-dia e as respostas são bem maternalistas.

voc sempre ganha4

As perguntas são sobre relacionamentos, mentiras, traições, negativismo, impressões, crendices, emprego e principalmente sobre amor e cuidado. As respostas são pautadas no amor e no positivismo, que todos são capazes e merecem ser felizes, que devemos erguer a cabeça e lutar por nossos sonhos, que jamais devemos nos abater por pensamentos negativos, ou nos limitar por nossos medos, podemos e vamos conseguir vencer a batalha da vida, sempre ganhamos!

O que achei bem interessante nas colocações de Zíbia é que algumas perguntas tentavam colocar a culpa em espíritos obsessores (espíritos sem desenvolvimento espiritual que possuem pessoas suscetíveis para prejudica-las), ou em trabalhos (macumbas, feitiços, bruxarias), mas suas respostas sempre descartavam essas possibilidades, aconselhava o pensamento positivo (aquele de verdade, feito de coração), que a pessoa continuassem acreditando e lutando por uma situação melhor.

voc sempre ganha3

Espiritualmente falando espíritos obsessores e trabalhos prejudicam e muito a nossa vida, mas ambos precisam encontrar uma brecha para conseguir nos atingir, se você mantem o pensamento positivo, a caridade e trabalha o amor no seu dia-a-dia, seu corpo fica fechado para esse tipo de coisa, mas se você trabalha o negativismo e alimenta o ódio, você se torna suscetível a esses tipos de ataques. Lembre-se que o bem atrai o bem e o mal atrai o mal.

As questões são feitas anonimamente, por isso o livro traz apenas um trecho do que foi exposto, em seguida a Zíbia responde levando em consideração tudo o que foi dito, o que pode ser bastante confuso para o leitor, já que as vezes ela se refere a algo que foi oculto na pergunta. Alguns pontos leva o leitor a se identificar instantaneamente com a causa, por serem comuns, outras nem tanto.

voc sempre ganha2

Confesso que os romances da Zíbia são os meus preferidos, por isso me causou um pouco de estranhamento com esse formato de livro, apesar da escrita dela ser bem envolvente, mas ainda prefiro uma boa história e seus personagens cativantes. O trabalho editorial está impecável, eu sempre me pego babando a qualidade das cores da impressão, o que já considero uma característica da editora.

Um comentário:

  1. Nunca ouvi falar dessa autora e nunca me interessei por livros autoajuda ou parecidos, mas até que eu leria esse, viu? Me pareceu interessante por tratar de tantos assuntos que eu considero muito importante serem abordados.

    Abraço,
    milenaschabat.blogspot.com

    ResponderExcluir