segunda-feira, 22 de setembro de 2014

[Entrevista] Carla Pachêco - Escritora


Quando conheci o livro Perfume de Hotel, logo tive algumas impressões sobre ele, pensei que fosse uma história tipo "Comer, amar e rezar", onde a protagonista vai viajar e esquece do mundo. Antes de começar a leitura do livro, fiz uma pequena entrevista com a escritora Carla Pachêco para descobrir se minhas impressões estavam certas, ou não. Vamos conferir? Na sexta-feira tem a resenha do livro *.*


Entrevista - Carla Pachêco


1 - Quem é Carla Pachêco?
Sou carioca e tenho mesmo alma de carioca. Alegre, descontraída, adoro me comunicar, conhecer pessoas, conhecer o mundo, sentir o perfume, provar do sabor. Tenho um olhar curioso sobre o mundo e uma necessidade cada vez maior de vivenciar meus sonhos, de explorar o novo. Sempre fui íntima do papel e, a partir do momento que decidi levar minha escrita para além dos meus muros, esse olhar transformou meu próprio mundo e me fez enxergar novas possibilidades. Amo viajar (isso já ficou bem claro, rsrsrs), adoro um bom filme, ouvir a música tocar (sempre haverá uma boa música tocando – Adele, Scorpions, Jason Mraz, Amy Winehouse, John Legend... ), sair para jantar (comida japonesa e massa sempre são uma boa pedida), receber os amigos em casa, escrever, ler (não sou apaixonada pelos clássicos, nem por vampiros, nem por super poderes e guerras fenomenais)... mas, sobretudo, estar com meus filhos e meu marido, porque com eles tudo realmente faz sentido. 

2 - Primeira impressão de Perfume de Hotel é que é um diário de sua ida a Nova York, tudo que é narrado é de fato suas vivencias, ou existe uma ficção para dar um Q a mais na história?
O “Q” a mais da história vem da costura feita das minhas próprias histórias, dentro e fora de NYC, do poder que o perfume tem de arrancar nossos pés do chão e nos fazer viajar e provar do sabor com a mesma intensidade experimentada naquele instante em que fomos apresentados, porque em se tratando do que vai ficar marcado em nós, isso nada tem a ver com a duração do tempo, e sim, com a intensidade do momento. 

3 - Também me lembrou muito "Comer, Rezar, Amar", tipo "quero esquecer um pouco do mundo e vou ali passear", foi isso? Foi de fato um divisor de águas na sua vida?
(rsrsrs) A minha Proposta Editorial para Perfume De Hotel foi baseada em dois livros – “um Lugar na Janela – Relatos de Viagem” da Martha Medeiros, e “Comer, Rezar, Amar” da Elizabeth Gilbert. Sim, essa minha estreia no universo literário com certeza foi um divisor de águas para mim. Digo no meu livro que: “Queria ansiosamente olhar em outra direção, poder me debruçar sobre outras paixões. Queria me encontrar nas minhas viagens para depois me perder nas minhas histórias. E foi exatamente isso que fiz”.

4 - 5 lugares de Nova York que eu não poderia deixar de visitar?
Difícil escolher, mas vamos lá. Com certeza o Central Park, “o Louvre dos parques”, é o primeiro da lista – e nele, não pode deixar de passar por The Mall (mas vai ter que ler o livro pra saber o porquê) -; a Times Square com seus painéis de led gigantescos com propagandas fantásticas; o American Museum of Natural History; um teatro da Broadway (e, claro, assistir a uma peça – “The Phantom of the Opera” é imperdível! -; e não pode deixar de ver toda a beleza do skyline de NYC com seus milhares de luzes brilhando do ponto mais alto que escolher (Empire States, Rockefeller Center...). Ela é... fascinante!

5 – 5 cheiros que eu não poderia deixar de sentir?
E novamente vou começar pelo Central Park – não é à toa que ele é “o queridinho de NYC”; o cheiro do café e do donuts saboreados em um daqueles típicos cafés nova-iorquinos; o perfume da 5th Ave, que é puro glamour – “Vista-se mal, e notarão o vestido; vista-se bem, e notarão a mulher”, citação de Coco Chanel em Perfume De Hotel – Nova Iorque -; cheiro de uma emoção muito intensa ao estar no lugar onde tudo aconteceu, o Memorial de 11 de Setembro; e o cheiro de sonho realizado ao avistar bem de perto a Statue of Liberty.

“Perfume e sabor às vezes são difíceis de separar. Um perfume nos remete ao sabor de um momento, e um sabor traz a memória o perfume que marcou um momento”. 
(Perfume De Hotel – Nova Iorque)

10 comentários:

  1. Ah, segunda vez que leio uma entrevista com essa autora e não canso disso (rs). Ela sempre tem o que dizer, sabe? Parece uma mulher de muito conteúdo e uma observação especial sobre a vida. Espero prestigiar o talento dela um dia, porque já li várias resenhas sobre Perfume de Hotel que me fizeram adicioná-lo entre os que desejo adquirir no Skoob (rs).
    Adorei as dicas sobre o que conhecer se for a NY! /o/ E também gostei da metáfora que ela fez com os cheiros… Eu sou péssima para isso. Eu praticamente não tenho olfato. Meus amigos dizem ser uma bênção em certas ocasiões, mas é ruim comprar um perfume pela opinião de outra pessoa. Faz parte.
    Enfim, adorei a entrevista! Desejo sucesso à autora e ao blog! ;)

    http://myqueenside.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Conheci a autora no blog da Paula, e achei o livro bem interessante. A entrevista, muito bem escrita por sinal, só aumentou minha vontade em conhecer a obra.
    Amei as dicas, e se um dia eu tiver o prazer de conhecer NY, serão elas que vou seguir.
    Beijos
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Neyara,
    muito boa sua entrevista.. já conhecia a autora e sua obra, de outra oportunidade, fiz até um paralelo dos aromas dos perfumes com certas músicas que marcam nossa vida. Espero poder ler em breve esse livro. E, é claro, conhecer NY está nos meus planos, até pq minha filha é tão louca quanto eu por essa cidade cosmopolita (e ela só tem 11 anos).
    bjs

    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Adorei a entrevista bem bacana saber que se inspirou em Comer, Rezar e amar, o título do livro é bem chamativo adorei a sinopse do livro. Sucesso a autora. beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei, mais uma entrevista que me encanto com ela e com seu livro,espero lê-lo em breve.

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Amei a entrevista, a Carla é muito simpática e tem umas ideias muito legais, já ouvi falar do livro e parece ser muito bom!

    Dany
    A Thousand Lifetimes

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Não conhecia a autora e nem o livro. É bom saber mais uma opção. :)
    O titulo do livro é chamativo, como disseram acima e eu gostei da capa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi florzinha, tudo bem?
    Estou doida para conferir a obra da Carla, todos os comentários que leio sobre Perfume são positivos, e a cada nova entrevista que aparece me encanto ainda mais! Desejo à ela todo sucesso desse mundo ^^

    Mil beijos e uma maravilhosa semana,
    Cássia :*
    Blog Procurei em Sonhos

    ResponderExcluir
  9. Oi Flor! Também fiz uma entrevista com a Carla, ainda não foi ao ar, vai esse mês agora. Que posso dizer, curti demais o livro, ela é uma querida, sempre educada e simpática com seus leitores! Parabéns pela entrevista! Espero que muitas e muitas pessoas sintam esse perfume!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  10. Olá Neyara, tudo bem?

    Parabéns pela parceria. A autora parece uma fofa. Espero que a leitura do livro também lhe agrade.

    Beijos

    ResponderExcluir