domingo, 20 de novembro de 2011

Salvem o Dragão do Mar! Salvem a Praça Verde!



Imaginem um local agradável, ótimo pra fazer picnic, encontrar os amigos, namorar, botar a conversa em dia, deitado na grama, embaixo de uma árvore, sem a menor preocupação. Caso queira algo pra fazer, tal local é parte de um centro cultural que oferece cinema, teatro, dança, música, cursos, exposições, planetário e tudo mais que você tiver afim de fazer. Caso prefira, existe alguns barzinhos, que oferecem uma ótima comida e música, e dependendo do horário, você pode acompanhar alguns jogos também.

Se você for turista, pode ter certeza que você vai passar por lá, pois além da belíssima estrutura, dignas de fotos, ainda tem as feirinhas com o artesanato local. Dependendo da época você ainda pega um festival por lá, o que não é raro, dependendo do tema, ainda vai ter comida vegan, lojinhas de CD's, blusas, livros e afins. E isso tudo ainda fica perto da praia, com direito aquele ventinho que só a praia oferece. Curtiu?! Essa é a Praça Verde que eu conheci.

Alguns grupos foram expulsos de uma outra praça.
Sem ter pra onde ir, a praça verde foi o destino.

Agora não temos mais grama, não rola mais encontrar os amigos e namorar por lá, não da mais pra fazer picnic, não da mais pra ficar sossegada por lá. As atrações de antes, agora estão com um público horrível, com muita briga, muito álcool, muita droga e muitas cenas improprias para menores. Os barzinhos viraram ponto de encontro pra briga, do nada surgem mais de 20 pivetes (sim pivetes, a maioria tem na faixa de 15 anos) correndo pra tentar espancar alguém, e os alarmes dos carros disparam e vira uma zona.

E os turistas ainda vão pra lá, e a imagem da cidade fica onde? Ein Dona Prefeita?! Cadê os seguranças? Cadê os policias? Cadê a nossa grama? Cadê a galera que expulsaram esse povo da outra praça, pra virem expulsar eles da Praça Verde também?! Cadê Dona Prefeita a Fortaleza Bela que você tanto promete em suas campanhas? Se a Dona Prefeita deixa acontecer isso em um ponto turístico, onde a maior parte da renda da cidade vem do turismo, imagine com os outros cantos.

Ahh e os festivais continuam acontecendo, ontem rolou o ManiFesta_CE, a programação estava ótima, muita banda boa, muita atração boa, começava as 18h de sábado e ia até 6h de domingo, só que além da organização péssima e o som terrível, não tinha segurança (apesar dos seguranças encostados nos postes conversando) e rolou muita briga, muita briga mesmo, teve gente passando mal que esperou quase 1h por atendimento, enfim... voltei pra casa depressiva, sei que isso rola faz tempo, mas ta demais agora, insuportável até. :(

Salvem o Dragão do Mar! Salvem a Praça Verde!

P.s: Que fique bem claro, eu não estou generalizando, sei que vai muita gente só afim de conversar e curtir a noite, assim como eu vou, mas essa galerinha que só quer briga ta estragando a noite de muita gente u.u
P.s: O Dragão do Mar é de responsabilidade do Estado.

2 comentários:

  1. Uma droga ver esses locais bacanas se transformando no caos. Aconteceu com uma praça do meu bairro que marcou a minha infância e a de muita gente. Hoje ela é um nojo.

    ResponderExcluir
  2. Que triste ver essas coisas acontecendo com locais legais :(
    Aqui essas coisas acontecem por falta de investimento da prefeitura que acaba deixando os lugares largados, sem manutenção e tals...
    Que vcs consigam salvar a praça.
    Bjuxxxx

    ResponderExcluir