domingo, 27 de novembro de 2011

Hora do Correio - Recebidos do Mês

Essa semana o correio passou por aqui e deixou um monte de coisa, e eu vim aqui mostrar pra vocês. Chegou o livro João & Maria, eu tinha falado sobre ele AQUI, ai veio com marcadorzinho dele e do O Arquiteto do Esquecimento. Chegou o Apátrida do Book Tour da Ana Paula Bergamasco, se alguém quiser participar, clica AQUI e faça a sua inscrição, pois ainda tem vaga. Chegou cartinhas do #clubedacarta e da Vanessa, cheias de carinho, folhinhas e adesivinhos gordos (de pelúcia, de plástico, etc). E comprei o "Comer, rezar, amar", pois adorei o filme e tava de promoção, alguém já leu? É bom?!


Não chegou nessa semana, mas vou mostrar mesmo assim, pois achei muito legal a iniciativa e muito fofo o kit. No mês de outubro, a Beauty Color ajudou a divulgar o Outubro Rosa (campanha sobre o câncer de mama) e os blogueiros parceiros da marca que também ajudaram a divulgar a campanha, receberam esse kit de esmalte rosa:


Além dos esmaltes, o kit veio com a base e com uma bolsinha pra guardar tudo, que é ótima pra levar pro salão com o alicate e afins, pra quem tem preguiça de levar aquela bolsa enorme só pra ir no salão. Aproveitei e pintei nessa semana com o esmalte Balé - Cremoso, que é o rosinha claro, a pigmentação é um pouco fraquinha, mas nada que 3 mãos não resolvam (frase estranha, mas deu pra entender). Apesar de não usar cores fraquinhas, gostei do resultado :D


Nessa semana também chegou o kit da MAC que eu ganhei no Blogs de Moda CEPink Woman Fashion. Um delineador de olho preto com uns pontinhos dourados e verde-ouro, muito bonito, pena que na foto não da pra ver (Pearlglide Eye Liner - Black Line), e um batom rosinha cor de boca da coleção Venomous Villains, cremosinho e cheiroso, sem contar a embalagem fofa da Cruela (Innocence, Beware!) *.*



Esmalte deve combinar com a maquiagem? Tipo a relação boca e olho.
(tinha uma vendedora me explicando essa relação o0)

domingo, 20 de novembro de 2011

Axé, odara!

Sorte

Odeio, odeio, odeio, odeeeeio gente que não suporta escutar os sonhos, planos, desejos de outras pessoas, sem abrir o bocão e falar "não vivemos de sonhos", "temos que fazer muita coisa que não gostamos", "blá blá blá". Porra, se você é recalcado pq tem um emprego de merda, deixa os outros acreditarem em seus sonhos, que um dia tudo pode ser real. Afinal, sonhos são pra isso, são para serem sonhados e desejados, parem de perturbar os outros com seus fracassos, persista e insista que um dia você vai ser feliz, pqp! #fiqueiputa

Bonne nuit, bonne chance

Salvem o Dragão do Mar! Salvem a Praça Verde!



Imaginem um local agradável, ótimo pra fazer picnic, encontrar os amigos, namorar, botar a conversa em dia, deitado na grama, embaixo de uma árvore, sem a menor preocupação. Caso queira algo pra fazer, tal local é parte de um centro cultural que oferece cinema, teatro, dança, música, cursos, exposições, planetário e tudo mais que você tiver afim de fazer. Caso prefira, existe alguns barzinhos, que oferecem uma ótima comida e música, e dependendo do horário, você pode acompanhar alguns jogos também.

Se você for turista, pode ter certeza que você vai passar por lá, pois além da belíssima estrutura, dignas de fotos, ainda tem as feirinhas com o artesanato local. Dependendo da época você ainda pega um festival por lá, o que não é raro, dependendo do tema, ainda vai ter comida vegan, lojinhas de CD's, blusas, livros e afins. E isso tudo ainda fica perto da praia, com direito aquele ventinho que só a praia oferece. Curtiu?! Essa é a Praça Verde que eu conheci.

Alguns grupos foram expulsos de uma outra praça.
Sem ter pra onde ir, a praça verde foi o destino.

Agora não temos mais grama, não rola mais encontrar os amigos e namorar por lá, não da mais pra fazer picnic, não da mais pra ficar sossegada por lá. As atrações de antes, agora estão com um público horrível, com muita briga, muito álcool, muita droga e muitas cenas improprias para menores. Os barzinhos viraram ponto de encontro pra briga, do nada surgem mais de 20 pivetes (sim pivetes, a maioria tem na faixa de 15 anos) correndo pra tentar espancar alguém, e os alarmes dos carros disparam e vira uma zona.

E os turistas ainda vão pra lá, e a imagem da cidade fica onde? Ein Dona Prefeita?! Cadê os seguranças? Cadê os policias? Cadê a nossa grama? Cadê a galera que expulsaram esse povo da outra praça, pra virem expulsar eles da Praça Verde também?! Cadê Dona Prefeita a Fortaleza Bela que você tanto promete em suas campanhas? Se a Dona Prefeita deixa acontecer isso em um ponto turístico, onde a maior parte da renda da cidade vem do turismo, imagine com os outros cantos.

Ahh e os festivais continuam acontecendo, ontem rolou o ManiFesta_CE, a programação estava ótima, muita banda boa, muita atração boa, começava as 18h de sábado e ia até 6h de domingo, só que além da organização péssima e o som terrível, não tinha segurança (apesar dos seguranças encostados nos postes conversando) e rolou muita briga, muita briga mesmo, teve gente passando mal que esperou quase 1h por atendimento, enfim... voltei pra casa depressiva, sei que isso rola faz tempo, mas ta demais agora, insuportável até. :(

Salvem o Dragão do Mar! Salvem a Praça Verde!

P.s: Que fique bem claro, eu não estou generalizando, sei que vai muita gente só afim de conversar e curtir a noite, assim como eu vou, mas essa galerinha que só quer briga ta estragando a noite de muita gente u.u
P.s: O Dragão do Mar é de responsabilidade do Estado.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Sem desculpa


Quando você percebe, que a única coisa que você precisava era de um momento em paz, sem palavras, sem desculpas, sem motivos, para tudo voltar ao lugar. E tudo volta ao lugar de onde nunca deveria ter saído. E que assim fique por mais 4 anos e 1 mês. TE AMO!

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Antes do Leite Quente com Mel


Depois de uma semana de cão, só o que me passou pela cabeça foi esse trecho de um dos meus contos preferidos, Sobreviventes do Caio Fernando Abreu:

"não se preocupe, depois que você sair tomo banho frio, leite quente com mel de eucalipto e gin-seng, depois deito, depois durmo, depois acordo e passo uma semana a ban-chá e arroz integral, absolutamente santa, absolutamente pura, absolutamente limpa, depois tomo outro porre, cheiro cinco gramas, bato o carro numa esquina ou ligo para o CVV às quatro da madrugada e alugo a cabeça dum panaca qualquer choramingando coisas do tipo preciso-tanto-de-uma-razão-para-viver-e-sei-que-esta-razão-só-está-dentro-de-mim-bababá-bababá, até o sol pintar atrás daqueles edifícios, não vou tomar nenhuma medida drástica, a não ser continuar, tem coisa mais destrutiva que insistir sem fé nenhuma?"

Não estou em uma das minhas melhores épocas, e ontem também não fez jus a frase "hoje é outra semana", mas pelo menos consegui resolver algumas coisas que me incomodavam (incomodavam há muito tempo, pra falar a verdade, mas mesmo quando as pessoas te tratam mal, você quer bancar a "fina" e ser compreensível e educada) e assisti um ótimo filme (A pele que habito - depois falo sobre) do lado do namorado-mais-fofo-do-mundo. E por enquanto tento entrar na fase do "leite quente com mel", vou me dando aqueles velhos prazeres que acalmam o espirito...

Compras: Sapatilha de listra (azul marinho) e de poa (marrom) do Sonho dos Pés.


Compras: Sapatilha mais arrumadinha da Dakota



Unhas: Azul Hortênsia da Risque (escuro) e Picolé da Color Trend (claro). Gosto de pintar assim, com duas unhas mais claras em cada mão, na mão direita são os dois dedos do meio, e o da mão esquerda como da foto. ;D



Cartinhas: Colocando em dia + Um desenho fofo que eu ganhei da Jade


E ai? O que acalma o espirito de vocês? =*

sábado, 12 de novembro de 2011

[Cinema] Contágio


Aproveitando as promoções do cinema nas Segundas, fui assistir Contágio, o novo filme do maravilhoso Jude Law. A história não é nenhuma novidade, é bem parecida com todos os filmes que falam sobre epidemia. O mundo tentando reagir a uma doença x, o governo tentando descobrir como a mesma surgiu, os cientistas lutando para achar uma vacina e a população ficando louca e desesperada saqueando as casas e lojas. 

O filme em si é muito bom, principalmente pq o elenco é de peso (Matt Damon, Gwyneth Paltrow, Jude Law, Kate Winslet, Marion Cotillard, Laurence Fishburne, entre outros) e o filme é super atual. Sério, a maioria desses filmes de epidemias se passa em uma cidade perdida, em uma época perdida, sem a mínima referência, Contágio consegue se situar no tempo e espaço com referencias, como a polemica gripe aviaria, gripe espanhola, etc.

O que eu mais gostei no filme, foi o papel de Jude Law, um jornalista-blogueiro que desconfia da versão oficial sobre a doença e resolve investigar por conta própria a verdade, tudo o que ele descobria e testava em si era publicado em suas redes sociais. Sutilmente foi mostrado o poder das redes sociais, e como elas estão conseguindo bater de frente com as "grandes mídias" e achando o seu lugarzinho na confiança do mundo, um baque pra quem acha que as redes é só modinha. 

Também andei assistindo Atividade Paranormal 3 e Reféns, não recomendo nenhum dos dois, quem tiver afim de pagar para vê-los, espere sair na TV de "grátis" e deposite o valor na minha conta bancária, vale muito mais à pena. Detalhe, além de ser ruim, Reféns conseguiu ser mal filmado, mal atuado, e sem nexo/brilho, ai fica a pergunta, pq diabos Nicolas Cage e Nicole Kidman se prestaram a aparecer em um filme desses?! o0


Bonne nuit, bonne chance

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

O Outro Lado do Afeganistão


Imagens do Afeganistão todo mundo já esta cansado de ver, muita violência e destruição, porém imagens tão lindas como estás mostrando a paisagem e o cotidiano do povo afegã, são raras, e quando alguém faz a gentileza de registra-las, nossos olhos agradecem. Quase 6 minutinhos de registro dos dois anos que o casal Lukas e Salome Augustin viveram nessas terras assoladas pela guerra. Fonte AQUI

Boa Semana Galerê!